Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Outubro 02 2011

 

Prato com decoração estampada a preto, e posteriormente colorida, sob o vidrado. A cercadura a azul, que surge por cima de um rebordo com uma variante do formato espiga em relevo, foi aplicada sobre o vidrado.

 

A fábrica Cesol, Cerâmica de Souselas (Coimbra), foi fundada em 1947. No início da década de 1990 passou a integrar o grupo Apolo Cerâmicas, tendo as suas instalações sido deslocalizadas em 2004 para Aguada de Baixo, no concelho de Águeda. Em Fevereiro deste último ano a Apolo Cerâmicas passou a integrar o grupo CeramicApolo, que por sua vez veio a integrar-se na Aleluia Cerâmicas (http://www.aleluia.pt/) em 2006. 

 

A  existência de este formato na Cesol vem novamente levantar dúvidas sobre a empresa que efectivamente produziu um prato não marcado, com uma imagem do templo romano de Évora, anteriormente aqui reproduzido (http://mfls.blogs.sapo.pt/70160.html). 

 

Verificam-se, no entanto, duas diferenças entre esta peça e o prato não marcado – o prato Cesol é mais pesado e apresenta três círculos em relevo, na base (um junto ao rebordo e dois no centro), enquanto que o prato  não marcado apresenta apenas dois.

 

Deve-se notar, apesar de tudo, que este exemplar ilustrado com uma chinoiserie apresenta qualidade de decoração e acabamento superior àquela que habitualmente se encontra nas peças da Cesol, pelo que o pouco cuidado evidenciado no acabamento aerografado da cercadura do prato com a imagem de Évora se poderia enquadrar na tipologia de produção desta empresa.

 

 

© MAFLS


mais sobre mim
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
14

18
20

24
26
28



pesquisar