Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Setembro 15 2013

     

 

Figura moldada em terracota patinada, com cerca de 25,7 cm. de altura, apresentando uma réplica da célebre escultura clássica denominada Vénus de Milo, produzida pela fábrica Moderna Industrial Decorativa, de Coimbra.

 

Esculpida originalmente em mármore, cerca de 130-100 A.C., esta figura hoje incompleta, com cerca de 203 cm. de altura, é atribuída a Alexandros de Antioquia (datas desconhecidas) e integra o acervo do Museu do Louvre, em Paris (http://www.louvre.fr/accueil).

 

Imagem extremamente popular ao longo dos últimos dois séculos, paradigma da arte clássica greco-latina e termo de comparação para os novos paradigmas modernistas do século XX – "O binómio de Newton é tão belo como a Vénus de Milo", afirmou Fernando Pessoa (1888-1935; http://arquivopessoa.net/textos/224), esta escultura tem sido reproduzida em diversos formatos e diferentes materiais.

 

Como exemplo dessa produção diversificada, apresenta-se abaixo um pequeno sinete, com cerca de 7 cm. de altura, em vidro moldado, possivelmente também de manufactura portuguesa, embora se conheça uma outra peça similar que ostenta uma etiqueta, em papel metalizado, da antiga Checoslováquia.

 

          


No final deste artigo pode ver-se a etiqueta que acompanha a figura em terracota, MID 2, que nos permite já começar a ensaiar uma sistematização da cronologia e das marcas desta fábrica.

 

Ao contrário do que acontece com as peças da primeira fase (http://mfls.blogs.sapo.pt/154589.html), talvez porque a patine também se estende à base, contribuindo assim para uma eventual obliteração ou ilegibilidade das marcas na pasta, parece que a produção posterior desta fábrica tende a apresentar exclusivamente uma etiqueta identificativa da sua origem, sem qualquer marca impressa ou incisa na pasta.

 

Esta opção, como é óbvio, prejudica uma posterior e precisa identificação das peças oriundas da Moderna Industrial Decorativa, pois, ao contrário das marcas impressas ou incisas, a maioria das etiquetas dificilmente sobrevive à passagem do tempo.

 

A propósito de mais esta peça da MID, aproveita-se a oportunidade para reproduzir abaixo uma fotografia datável da década de 1940 (também já publicada por Maria Andrade no seu espaço: http://artelivrosevelharias.blogspot.pt/2012/05/moderna-industrial-decorativa-de.html) onde surgem retratados os trabalhadores desta unidade cerâmica coimbrã.

 

© Ana Maria Caetano

 

Cedida por Ana Maria Caetano (veja-se um blog de sua autoria aqui: http://rdqntnadaquefazer.blogspot.pt/), a quem se agradece a amabilidade, esta fotografia apresenta ao centro, na última fila, envergando uma bata branca, seu avô Francisco Caetano Ferreira (1908-1987), um dos fundadores da empresa e seu responsável artístico, cargo que provavelmente desenvolveria em conjunto com o desenhador Carlos dos Reis (datas desconhecidas).

 

Francisco Caetano Ferreira modelou diversas peças cerâmicas, dentro e fora da MID, colaborando posteriormente, segundo declarações desta sua neta, com a Companhia da Fábricas Cerâmica Lusitânia, quer na unidade de Coimbra quer na unidade do Porto.

 

É possível, pois, que algumas das peças escultóricas da Lusitânia de Coimbra sejam de sua autoria, havendo também notícia de que modelou um presépio produzido pela MID e exibido, no início da década de 1950, no posto de turismo do Largo da Portagem, em Coimbra.

 

Finalmente, sublinhe-se como é curioso o facto de esta peça ser da MID, quando o logótipo da fábrica A Nova Decorativa, também de Coimbra, é que ostenta o busto da Vénus de Milo (http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/f%C3%A1brica+a+nova+decorativa).

 

Não se conhecendo dados sobre a fundação ou encerramento de A Nova Decorativa, nem dados sobre a data de encerramento da Moderna Industrial Decorativa, esta coincidência faz-nos reflectir sobre a hipótese de estas duas fábricas estarem de algum modo relacionadas, eventualmente através de alguns sócios da MID que tenham vindo a fundar a AND, ou mesmo sobre o facto de a AND ter sucedido à MID.

 

     

MID 1                                               MID 2

 

© MAFLS


Caro MAFLS, só agora li este 2º post sobre a Industrial Decorativa, o que muito agradeço.
No entanto, depois de fazer muitas pesquisas, e estando neste momento a ver o jornal "Gazeta de Coimbra" de 1925, vi uma notícia sobre a Industrial Decorativa cujo proprietário seria o sr. António Eliseu.
https://bdigital.sib.uc.pt/republica2/UCSIB-GHC-169/UCSIB-GHC-169-1925-t1/UCSIB-GHC-169-1925-t1_item1/P35.html

Também vi neste jornal publicidade a esta fábrica nos anos 1929, ou seja, a constituição da empresa que referiu ter sido em 1941, terá sido uma compra dos 5 sócios a este sr. António Eliseu (presumo eu).

Em relação a esta Vénus do Nilo, lembro-me de ver em casa do meu avô Francisco Caetano, uma peça destas.
Os meus cumprimentos
Ana Margarida Caetano
Anónimo a 1 de Novembro de 2013 às 16:51

Boa noite, Ana Margarida Caetano.

Sim, presumivelmente a MID terá sido a sucessora da Industrial Decorativa. Não há dúvida, contudo, que a MID apenas foi constituída em 1941, pois a documentação patente no DG é aquela que corresponde ao registo legal da empresa.

A figuras da Vénus de Milo em terracota parecem ter sido muito populares, conhecendo-se outras versões mais grosseiras, de oficinas não identificadas e com diferente pintura, que eventualmente terão sido produzidas até à década de 1970.

A peça existente em casa de seu avô Francisco Caetano apresentava a mesma patine desta ou um outro acabamento monocromático?

Saudações!

A peça que existia em cas do meu avô era igual a esta mas em branco. Infelizmente não sei qual o destino dela, pois os meus avós já faleceram há muito tempo e não me lembro do destino desta peça em particular...
Lamento.
Entretanto, vi outras peças na net com referência da MID mas não vejo a marca. Ignoro se serão autênticas. Se encontrar mais informações, divulgo aqui, pois parece-me ser a pessoa mais interessada no assunto.
Saudações
AMC
Ana Caetano a 7 de Novembro de 2013 às 16:10

Agradeço quaisquer outras informações complementares que possam ser facultadas, Ana Margarida Caetano.

Saudações!
blogdaruanove a 15 de Dezembro de 2013 às 01:54

Também pode ser que a primeira fábrica tenha o nome de Industrial Decorativa e a partir de 1941 fosse constituída uma nova empresa com o nome "Moderna" Industrial Decorativa.
Penso que a morada da fábrica é igual, Rua da Manutenção Militar, nº3, em Coimbra.
Um abraço, Ana Margarida Caetano
Anónimo a 1 de Novembro de 2013 às 16:56

Hola, soy española, pero confio que me haré entender.
Tengo un presepio que conserva las etiquetas originales de A Nova Decorativa en muchas de sus figuras y además las referencias en tinta son legibles. Son de terracota pintada de unos 18cm de alto y no tienen ninguna marca incisa.
Isara a 24 de Março de 2014 às 13:13

Hola, me gustaria mucho de ver su presepio da Nova Decorativa e las marcas. Podria poner algumas fotos?
Puede enviar para mi email, por favor. amfcaetano@gmail.com.
Muchas gracias por su coment.
Ana Margarida
Ana Margarida Caetano a 24 de Março de 2014 às 13:57

mais sobre mim
Setembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
13

17
19

23
25
27



pesquisar