Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Outubro 18 2013

 

Jarra em faiança da FLS, formato "Portugalia 4", com decoração aplicada a esmalte azul sob o vidrado e esmalte preto sobre o vidrado.

 

Com cerca de 19,8 cm. de altura, esta peça integra o acervo do MCS, estando inventariada com o número MC 1101.

 

A presente decoração deriva claramente dos retratos recortados que se tornaram populares na Europa a partir da segunda metade do século XVIII e se consagraram no século seguinte com a designação silhouette.

 

Embora esta técnica decorativa tenha sido comum a diversas fábricas europeias e americanas, de porcelana e faiança, o motivo do toureio a cavalo é, como se sabe, exclusivamente português.

 

Na produção nacional, tal técnica decorativa foi também usada pela Vista Alegre, tendo um exemplar desta fábrica sido exibido na exposição que a seguir se refere. Com o mesmo tipo de fundo branco, e bandas a castanho, esse exemplar apresentava um conjunto de patos em vôo, como se pode observar abaixo.

 

          

 

Nos arquivos da VA surge registado um modelo similar, com bandas a verde, denominado jarra Boca Larga PB 24 Verde, aprovado para produção em 1 de Setembro de 1921. Do período 1922-1947, conhecem-se ainda outros exemplares desta fábrica com diferentes animais, como ovelhas, diferentes bandas coloridas e diferentes formatos.

 

As presentes imagens constam do catálogo da exposição Portuguese Ceramics in the Art Deco Period, realizada nos EUA em 2005, e são da autoria do fotógrafo João Francisco Vilhena (n. 1965).

 

Note-se que as imagens originais foram registadas em película e posteriormente digitalizadas, o que afectou a sua qualidade e não reflecte as características que uma impressão em papel fotográfico oferece.

 

© MAFLS


mais sobre mim
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

15
17

21
23
25

29
31


pesquisar