Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Janeiro 03 2014

 

Fundada em 1726, na Suécia, a fábrica Rörstrand tornou-se particularmente célebre durante o final do século XIX e o princípio do século XX através da sua produção de peças modeladas e decoradas ao estilo Art Nouveau.

 

A estilização floral Art Nouveau foi sublinhada pela fábrica através da técnica pâte-sur-pâte, que permite um tratamento escultural das peças através da adição de porcelana em camadas, contribuindo assim para o aspecto tridimensional da decoração.

 

Depois de um percurso relativamente discreto durante o período Art Déco, a fábrica voltou a projectar-se internacionalmente com o modernismo escandinavo dos anos 40 e 50, movimento para o qual contribuiu com ceramistas e peças de notável qualidade.

 

 

A primeira jarra apresentada é em faiança, mede cerca de 28,2 cm. de altura, e terá sido provavelmente modelada por Alf Wallander (1862-1914), durante o final do século XIX.

 

Conhece-se uma jarra deste modelo, com decoração marmoreada e assinatura de Thure Öberg (1871-1935), marcada como tendo sido produzida na fábrica Arabia, Finlândia.

 

Proveniente da fábrica Rörstrand, Öberg chegou em 1896 à Arabia como director técnico, cargo que veio a desempenhar até 1932.

 

 

 

A segunda jarra, já em porcelana e com cerca de 13,8 cm. de altura, foi modelada e decorada por artistas não identificados, no período que decorreu entre 1897 e 1910.

 

A terceira, também em porcelana e com cerca de 16 cm. de altura, apresenta um tratamento pâte-sur-pâte, tendo sido modelada por Ruben Rising (1869-1929) e decorada por Astrid Ewerlöf (1876-1927) entre 1900 e 1910.

 

A identificação destes autores fez-se através das iniciais "RR", impressas na pasta, e da inicial ".E." pintada sobre a marca da fábrica. A anterior jarra em porcelana também apresenta iniciais impressas na pasta (A?), mas estas não são suficientemente legíveis para permitir identificar o/a modelador/a.

 

 

A última peça representa um lúcio, com cerca de 4,4 cm. de altura e 28,4 cm. de comprimento, produzido provavelmente no terceiro quartel do século XX, apresentando múltiplo acabamento vidrado mate, que inclui ainda pequenas manchas rugosas minuciosamente produzidas com óxidos de metal.

  

               

 

© MAFLS


mais sobre mim
Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

13
15
17

21

29
31


pesquisar