Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Março 22 2013

 

Prato raso em faiança, da fábrica inglesa C. & J. Shaw Jun.r, estampado a azul, sob o vidrado, com cinco vistas de locais e monumentos lisboetas.

 

Este motivo, denominado Braganza, foi registado pela firma Hope & Carter a 27 de Abril de 1864, conforme se verifica pelos códigos inseridos no losango.

 

A data é consistente com alguns dos monumentos e locais apresentados – ao centro a estátua de D. José I, no Terreiro do Paço, acima o Teatro D. Maria II, no Rossio, à direita uma fonte do Passeio Público, em baixo o pelourinho, actualmente na Praça do Município, e à esquerda o monumento a Camões, na praça homónima.

 

Com efeito, o monumento a Luís de Camões foi projectado em 1860 e inaugurado apenas em 1867, tendo o Passeio Público começado a desaparecer em 1879 para que em 1886 aquela que hoje se denomina Avenida da Liberdade fosse inaugurada.

 

Para um prato similar e uma explicação dos códigos patentes na marca ver um artigo de Maria Andrade: http://artelivrosevelharias.blogspot.pt/2010/10/prato-ingles-com-motivo-braganza.html.

 

Para além da cor aqui apresentada, conhece-se este motivo numa tonalidade avermelhada.

 

Ainda dentro da temática portuguesa, conhecem-se também motivos alusivos ao Mosteiro da Batalha estampados em diversas peças inglesas – pratos, travessas e terrinas, do século XIX.

 

 

© MAFLS


Setembro 22 2010

 

Prato fundo (de sopa) com o motivo Estátua, estampado a verde sob o vidrado.

 

Conforme referido anteriormente, o motivo Estátua foi muito mais popular em Portugal do que em Inglaterra, onde era designado por Grecian Statue. Aliás, os diversos livros ingleses especializados em louça estampada dedicam tão pouco espaço a este motivo, e referem-se tão pouco ao mesmo, que apenas identificam a fábrica Wood & Brownfield como única produtora, ignorando ou desconhecendo a variante da empresa C. & J. Shaw, que já teve um exemplar aqui reproduzido (cf. http://mfls.blogs.sapo.pt/53402.html).

 

Como se sabe, o motivo Estátua é comum a várias fábricas portuguesas, reproduzindo quase todas elas variantes em que a estátua equestre apresenta um cavaleiro com o braço direito levantado. Mas os mais  antigos motivos estampados da FLS, como este aqui reproduzido, apresentam uma gravura mais próxima das estampas originais inglesas, não surgindo o cavaleiro com o braço levantado.

 

Conhecem-se, contudo, antigos motivos da FLS, do mesmo período e com a mesma marca, que, apesar de manterem essa característica, apresentam outras variantes de vegetação e decoração no primeiro e segundo planos.

 

Convém também sublinhar que a variante da FLS com o cavaleiro de braço levantado não é assim tão tardia quanto se possa pensar, pois surgiu ainda no século XIX (cf. marca da Real Fábrica, sem as iniciais B. H. S. & C.ª, em http://mfls.blogs.sapo.pt/18908.html).

 

 

© MAFLS


Julho 26 2010

 

Prato fundo (de sopa) de C. & J. Shaw, Inglaterra, estampado com o motivo comercializado em Portugal sob a designação Estátua e popularmente conhecido como Cavalinho.

 

Conjuntamente com os motivos Chorão (Willow) e Faisão (Asiatic Pheasant), este foi um dos mais populares motivos da louça estampada  do nosso país. Curiosamente, tal não se verificou em Inglaterra, onde as fontes e os livros da especialidade lhe dedicam muito pouca atenção. Curiosamente, ainda, pouco se sabe sobre a empresa C. & J. Shaw, que poderia muito bem produzir essencialmente para exportação e cuja louça surge com alguma frequência nos antiquários de Portugal.

 

Relativamente à produção, e reprodução, nacional do motivo Estátua (cf. http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/motivo+est%C3%A1tua), notem-se a qualidade e a nitidez desta gravura, bem como o facto de a estátua equestre não apresentar o braço direito levantado, como acontece nas gravuras da Fábrica das Devezas, da FLS e de Massarelos.

 

 

© MAFLS


mais sobre mim
Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
15
16
17

19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


pesquisar