Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Fevereiro 28 2012

 

 

 

Motivo central de um painel azulejar de António de Castro Mourinho (1892-1963), executado em 1960 na FLS para os jardins do Palácio de Coina, também conhecido como Torre de Coina ou Palácio do Rei do Lixo, em Coina, concelho do Barreiro.

 

A quinta onde se encontra a torre já existia no século XVIII, tendo a propriedade sido adquirida em finais do século XIX por Manuel Martins Gomes Júnior (1860-1943), que recebeu o cognome de rei do lixo por, durante alguns anos, ter tido o monopólio da recolha do lixo de Lisboa.

 

O edifício existente parece ter sido construído durante o período da I República (1910-1926), na quinta que Gomes Júnior veio a denominar Quinta do Inferno. Depois do seu falecimento, a propriedade passou para o seu genro, tendo sido vendida cerca de 1957 a José Baptista Mota (datas desconhecidas). 

 

Foi no tempo deste último que a propriedade se passou a chamar Quinta de S. Vicente e foi por sua iniciativa que os painéis de inspiração bíblica de António de Castro Mourinho aí foram colocados, como se de um exorcismo aos malefícios da Quinta do Inferno se tratasse.

 

Considerando o estado actual de abandono e degradação do local (cf. http://lugaresesquecidos.com/forum/viewtopic.php?f=13&t=106&start=30), parece que o exorcismo não foi suficiente...

 

Fotografias de Carlos Caria.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

mais sobre mim
Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
15
16
17

19
20
22
23

25
26
27
28


pesquisar
 
subscrever feeds