Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Outubro 31 2015

 

Cinzeiro em faiança, com cerca de 2,5 x 10,4 x 12,9 cm., produzido na fábrica Elpa, de Alcobaça.

 

A decoração deste exemplar ilustra a variante de um motivo denominado Athenea na produção da OAL, uma empresa também de Alcobaça, embora muitas outras fábricas portuguesas tenham comercializado diferentes variantes, como se pode verificar aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/decora%C3%A7%C3%A3o+tipo+athenea.

 

Recorde-se que Maria Andrade, a autora de Arte, Livros e Velharias (http://www.artelivrosevelharias.blogspot.pt/), referenciou ainda esta decoração em peças da Estatuária, de Coimbra.

 

Note-se, contudo, como este motivo dourado é diferente daquele que surge no conjunto de chávena e pires anteriormente apresentado (http://mfls.blogs.sapo.pt/215177.html) e é mais semelhante àquele que surge numa peça assinada apenas Vicrilana (http://mfls.blogs.sapo.pt/243762.html), a qual também terá sido produzida na Elpa.

 

A legenda manuscrita Recordação de Arêgos remete para a tradição dos souvenirs associados às estâncias balneares e termais, tradição que no caso destas últimas estava já bem consolidada nas últimas décadas do século XIX, particularmente na Europa central, como se pode constatar em inúmeras peças de vidro e cerâmica produzidas nessa época.

 

As Caldas de Aregos (http://www.termas-caldasdearegos.com/website/) são uma estância termal do concelho de Resende, cujo alvará de concessão foi atribuído em 20 de Junho de 1909, embora haja referências à utilização terapêutica das suas águas que remontam ao tempo de D. Afonso Henriques (c.1109-1185; rei, 1143-1185) e da rainha D. Mafalda (1125-1158?).

 

Note-se, finalmente, como a marca Elpa agora reproduzida, combinando, a dourado, carimbo com logótipo e inscrição manuscrita, ainda não tinha surgido em nenhuma das peças anteriormente aqui apresentadas (http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/elpa).

 

 

© MAFLS


Maio 31 2013

 

Pequena jarra em faiança, da Olaria de Alcobaça, decorada com o motivo Athenea.

 

Conforme se tem vindo a ilustrar (http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/decora%C3%A7%C3%A3o+tipo+athenea), três fábricas portuguesas produziram motivos muito semelhantes entre si – a Elpa, a FLS e a OAL, tendo esta última indicado claramente nas suas peças a denominação do motivo, como se pode verificar abaixo.

 

Da produção das fábricas de Alcobaça conhecem-se ainda peças de toucador, nomeadamente pequenas cestas, que ostentam decoração monocromática verde no exterior e apresentam alças, ou outros complementos, em vime ou palhinha.

 

Note-se como, apesar de por vezes o fundo dourado ser semelhante, as representações florais, e as suas tonalidades, permitem distinguir a produção de cada uma das fábricas.

 

 

© MAFLS


Maio 23 2013

 

Caixa em faiança apresentando decoração com pintura manual policromática, e dourado, sobre o vidrado.

 

Como foi possível observar anteriormente (http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/decora%C3%A7%C3%A3o+tipo+athenea), quer a FLS quer a Elpa, de Alcobaça, produziram cerâmica com motivos semelhantes a este. Para além destas duas empresas, também uma outra fábrica de Alcobaça, a OAL, produziu um motivo semelhante, que designou por Athenea.

 

Esta peça, com cerca de 17,8 x 19,5 x 13,2 cm., apenas apresenta a marca manuscrita a dourado que se reproduz abaixo. Ao contrário do que se poderia pensar, a marca não corresponde a uma fábrica mas sim à antiga loja Vicrilana, que comercializava vidros, cristais e outros artigos decorativos na Rua da Palma, em Lisboa.

 

Hoje em dia ainda subsiste uma loja com esta designação, no número 203 da Avenida Almirante Reis, em Lisboa.

 

Atendendo às particularidades florais e cromáticas que distinguem os motivos executados em cada uma das fábricas, é muito provável que esta caixa tenha sido executada na Elpa.

 

 

© MAFLS


Dezembro 26 2012

 

Chávena de café e pires apresentando decoração com pintura manual policromática, e dourado, sobre o vidrado.

 

Como se viu anteriormente (http://mfls.blogs.sapo.pt/214146.html) este poderia parecer um exemplo de um motivo da FLS, mas efectivamente trata-se de um conjunto executado pela fábrica Elpa, de Alcobaça.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Dezembro 18 2012

 

Açucareiro decorado com pintura manual policromática, e dourado, sobre o vidrado.


Este modelo será posterior a 1950, pois o seu formato não se encontra representado no catálogo de Maio desse ano.


Um motivo semelhante a este foi também comercializado pela fábrica Elpa, de Alcobaça, sob o número 1283.


Veja-se um canjirão da FLS, com decoração semelhante a esta mas com o motivo floral dourado igual ao da Elpa, aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/87682.html.

 

 

© MAFLS


Fevereiro 05 2011

 

Canjirão decorado com pintura manual policromática, e dourado, sobre o vidrado.

 

Note-se como a pintura manual está assinalada na base, junto à marca, com a sigla O para a policromática e a sigla E para a pintura a dourado, siglas essas que poderão corresponder às pintoras / aos pintores que executaram a decoração.

 

Note-se ainda como a marca de fábrica e as letras AJ se encontram sob o vidrado e as siglas da pintura manual estão, obviamente, sobre o vidrado.

 

 

© MAFLS


mais sobre mim
Janeiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


pesquisar