Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Dezembro 15 2015

 

Chávena de chá e pires formato Coimbra ostentando decoração correspondente ao motivo 672.

 

Um bule com este motivo, e também deste formato, foi já apresentado aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/bule-353502.

 

 

© MAFLS


Outubro 08 2015

 

Pequeno bule, formato Coimbra, com decoração a laranja e dourado, sobre o vidrado, correspondente ao motivo 672.

 

Este motivo, com outras variantes cromáticas e em pastas de outra cor, foi também aplicado no formato Avenida, quer com complementos em ouro (http://mfls.blogs.sapo.pt/48159.html) quer com complementos em platina (http://mfls.blogs.sapo.pt/5167.html).

 

Vejam-se mais alguns bules com este formato, apresentando diferentes decorações, quer aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/bules+formato+coimbra, quer no espaço que MUONT também dedica à investigação comparativa de cerâmica (http://modernaumaoutranemtanto.blogspot.pt/search/label/Formato%20Coimbra).

 

Note-se ainda como, neste exemplar, é bem visível na pega da tampa uma ligeira deformação que evoca o formato inglês denominado Zenith, criado por Ernest Bailey (1911-1987) e comercializado pela empresa Burgess & Leigh, que terá servido de modelo ao formato Avenida da FLS.

 

Fundada em 1862, esta companhia contou com a colaboração de excelentes designers durante o período Art Déco, nomeadamente da consagrada Charlotte Rhead (1885-1947), que ali trabalhou entre 1926 e 1931, criando diversos motivos originais para a série Burleigh Ware, e poderá ter sido a autora de algum dos motivos de inspiração floral que a FLS veio a adaptar.

 

 

© MAFLS


Abril 14 2014

 

Chávena de chá e pires, formato Coimbra, em pasta azul.

 

Vejam-se algumas outras peças deste formato aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/formato+coimbra.

 

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Novembro 25 2013

 

Bule formato Coimbra com decoração floral pintada à mão sobre o vidrado.

 

A presente imagem consta do catálogo da exposição Portuguese Ceramics in the Art Deco Period, realizada nos EUA em 2005, e é da autoria do fotógrafo João Francisco Vilhena (n. 1965).

 

Note-se que a imagem original foi registada em película e posteriormente digitalizada, o que afectou a sua qualidade e não reflecte as características que uma impressão em papel fotográfico oferece.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Agosto 05 2013

© MCS/CDMJA

 

Fotografia de um conjunto de chávena e pires formato Coimbra.

 

O catálogo de formatos de Maio de 1950 reproduz imagens das seguintes peças do formato Coimbra – açucareiro sem tampa, azeitoneira, bule, chávena com pires para chá, leiteira, molheira, prato, prato coberto, saladeira, terrina e travessa.

 

Note-se que, entre outras peças, não surgem neste formato cafeteiras, chávenas de café nem manteigueiras.

 

A reprodução desta fotografia é uma cortesia do Museu de Cerâmica de Sacavém / Centro de Documentação Manuel Joaquim Afonso.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Setembro 29 2012

 

Bule formato Coimbra, com filetagem e decoração pintada à mão sobre um vidrado mate denominado Porto.

 

Um conjunto de chávena e pires, do mesmo formato e com a mesma decoração, já foi anteriormente publicado aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/177050.html.

 

 

© MAFLS


Junho 25 2012

 

Chávena e pires, formato Coimbra, com filetagem e decoração esmaltada pintada à mão sobre um vidrado beige mate denominado Porto.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Outubro 17 2011

 

Chávena de chá e pires, formato Coimbra, com o motivo número 10337 em decalcomania. 

 

As decalcomanias florais encontram-se aplicadas sob o vidrado e a filetagem dourada, obviamente, sobre o vidrado.

 

 

© MAFLS


Março 05 2011

 

Chávenas de chá formato Coimbra decoradas sobre o vidrado com o motivo número 843.

 

Para ver um prato decorado com o mesmo motivo cf. http://mfls.blogs.sapo.pt/20594.html.

 

 

© MAFLS


Novembro 11 2010

 

Açucareiro sem tampa, formato Coimbra, com decoração a esmalte azul e ouro sobre o vidrado.

 

O formato Coimbra ainda não surgia na tabela de 1932, surgindo na de 1938 com peças para serviços téte-a-téte [sic], em pasta azul, verde ou marfim, e serviços de jantar, em pasta azul ou verde.

 

O açucareiro, com capacidade de 1 decilitro e meio, surgia apenas no serviço tête-a-tête ao preço de1$20 para a classe I (sem decoração), 1$50 para a classe II (decoração sem ouro), 1$80 para a classe III (decoração com ouro),  2$20 para a classe IV (decoração fantasia) e 2$60 para a classse V (decoração extra), em qualquer uma das pastas.

 

Na tabela de 1949 os preços indicados eram os seguintes – 2$50 para as peças em branco, 3$00 para as peças da classe A (colorido s/ ouro), 3$50 para as peças da classe B (colorido s/ ouro) e 4$50 para as peças da classe C (colorido c/ ouro). Uma vez que a decoração da peça reproduzida é feita a ouro, esta incluir-se-ia na classe III de 1938 e na classe C de 1949.

 

Para uma chávena e pires formato Avenida com a mesma decoração, ver http://mfls.blogs.sapo.pt/48159.html. Para uma manteigueira formato Avenida com a mesma decoração, mas complemento em platina, ver http://mfls.blogs.sapo.pt/5167.html. Para uma chávena e pires formato Estoril com decoração semelhante, ver http://mfls.blogs.sapo.pt/27114.html. Para exemplares deste formato com outras decorações ver http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/formato+coimbra.

 

 

© MAFLS


mais sobre mim
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
14
15

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


pesquisar