Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Abril 02 2014

 

Mais um exemplar da denominada "Jarra Caçadores em relêvo n.º 4", correspondente ao formato 29, desta vez na sua versão mais simples que apresenta vidrado transparente sobre a pasta de faiança.

 

Vejam-se as outras variantes anteriormente apresentadas aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/jarra+ca%C3%A7adores.

 

 

© MAFLS


Setembro 12 2013

 

Jarra moldada em relevo com vidrado verde mate.

 

É esta uma das variantes mais invulgares da conhecida " Jarra Caçadores, em relevo", já referida aqui anteriormente: http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/jarra+formato+29. Para outras variantes vejam-se também as diversas publicações de MUONT que foram dedicadas a este modelo, surgindo o exemplar mais interessante aqui: http://modernaumaoutranemtanto.blogspot.pt/2012/07/jarra-art-deco-cacadores-em-relevo-cor.html.

 

A presente imagem consta do catálogo da exposição Portuguese Ceramics in the Art Deco Period, realizada nos EUA em 2005, e é da autoria do fotógrafo João Francisco Vilhena (n. 1965).

 

Note-se que a imagem original foi registada em película e posteriormente digitalizada, o que afectou a sua qualidade e não reflecte as características que uma impressão em papel fotográfico oferece.

 

Esta peça integra a colecção de Clive Gilbert.

 

© MAFLS


Março 14 2010

 

Jarra Art Déco com decoração em relevo e pintura a dourado sobre vidrado transparente brilhante.

 

Uma vez que a tabela de Novembro de 1945 menciona este modelo, mas não a decoração a ouro, presume-se que todos os exemplares com este acabamento deverão ser posteriores a esta data.

 

Conforme referido anteriormente, esta jarra surge na tabela de Maio de 1951 sob o número 29 e a designação " Jarra Caçadores, em relevo", ao preço de 95$00, para "Coloridos c/ ouro". Na tabela de Maio de 1960 surge com a designação "Jarra com caçadores em relevo", ao preço 95$00 para "Vidros cores s/ dec. Branco col. c/ ouro Pint. mod. s/ ouro".

 

Também como anteriormente referido, esta decoração é a mais comum entre todas as que se conhecem – vidrado mate beige, vidrado mate laranja, vidrado mate verde-água, pasta beige com vidrado transparente brilhante e policromia sobre o vidrado, decoração monocromática azul, a aerógrafo, sob o vidrado – e aquela que surge com mais frequência nos antiquários.

 

Não é comum, no entanto, o aparecimento de iniciais manuscritas a ouro na base, neste caso E. B., que  deverão corresponder a quem decorou a jarra.

 

Esta peça foi exibida na exposição Portuguese Ceramics in the Art Deco Period, realizada em 2005 nos E.U.A.

 

 

© MAFLS


Fevereiro 06 2010

 

Jarra Art Déco com decoração em relevo e pintura, a aerógrafo, sob vidrado brilhante.

 

Esta jarra encontra-se mencionada nas três tabelas habitualmente referenciadas neste espaço. Na tabela de Novembro de 1945 surge sob o número 29 com a designação "Jarra Caçadores em relêvo n.º 4", ao preço de 88$00 para "Colorido s/ ouro".

 

Já na tabela de Maio de 1951 surge sob a designação " Jarra Caçadores, em relevo", ao preço de 81$00, para "Côres Mates ou coloridos s/ ouro", e 95$00, para "Coloridos c/ ouro". Na tabela de Maio de 1960 surge com a designação "Jarra com caçadores em relevo", ao preço de 81$00 para "Branco colorido s/ ouro", 95$00 para "Vidros cores s/ dec. Branco col. c/ ouro Pint. mod. s/ ouro" e 150$00 para "Pintura Quinta s/ ouro". No exemplar desta última tabela existente no CDMJA o seu peso aparece indicado como sendo de 1, 137 kg.

 

O design desta peça evoca claramente a jarra de cristal Archères, criada em 1921 por René Lalique (1860-1945), sendo um dos modelos mais populares da FLS durante décadas.

 

Para além deste exemplar pintado a aerógrafo (notem-se as áreas matizadas, sem uniformidade de colorido, características desta técnica) conhecem-se variantes da jarra em vidrado mate beige, em vidrado mate verde-água, em pasta beige com vidrado transparente brilhante e policromia sobre o vidrado, e em pasta beige com vidrado transparente brilhante e dourado sobre o vidrado.

 

Apesar do custo da sua decoração, este último modelo é o mais comum e aquele que surge com mais frequência nos antiquários.

 

 

© MAFLS


mais sobre mim
Janeiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


pesquisar