Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Março 30 2015

 

Assinalando a realização de mais uma Assembleia Geral da Associação dos Amigos da Loiça de Sacavém, que decorreu no passado dia 28 de Março de 2015, apresenta-se hoje um prato raso estampado a azul com uma primitiva versão do célebre motivo Chorão (Willow pattern).

 

Tal exemplar do período da Real Fábrica, cuja decoração documenta mais uma das inúmeras variantes deste exuberante motivo, comprova que o mesmo foi reproduzido e comercializado pela FLS durante cerca de cem anos.

 

Assinale-se que a fissura da pasta, visível no tardoz junto à marca, ocorreu durante o processo de cozedura, uma vez que a mesma se encontra parcialmente vidrada.

 

Como já foi anteriormente referido, num outro espaço (http://blogdaruaonze.blogs.sapo.pt/23504.html), o motivo Chorão foi internacionalmente reproduzido, desde o século XIX e nas sua diversas variantes, por dezenas de fábricas, marcando a memória de inúmeras gerações.

 

O valor icónico desta decoração veio a ser consagrado, já no dealbar do século XXI, através de uma notável escultura cerâmica intitulada Behind Quiet Veils of the Blue Willow, criada em 2000 por Red Weldon Sandlin (n. 1958) e actualmente no acervo do The Newark Museum, E.U.A. (http://www.newarkmuseum.org/), que abaixo se reproduz.

 

© The Newark Museum 

 

Na sequência da Assembleia Geral acima referida, foram eleitos novos elementos para desempenhar diferentes funções nos Corpos Sociais da AALS, durante o biénio 2015-2017, passando estes a ficar assim constituídos:

 

Direcção

Emma Gilbert (presidente), Fernando Martins (vice-presidente), Clive Gilbert (vice-presidente), José Roseiro (secretário executivo), Miguel Calado (tesoureiro).

 

Conselho Fiscal

Vasco Telles da Gama (presidente), Isabel Maria Costa Figueira, Maria João Pinheiro.

 

Mesa da Assembleia Geral

António Augusto Joel (presidente), Luísa Bivar Roseiro.

 

A Associação dos Amigos da Loiça de Sacavém dispõe de um site oficial (http://www.loicadesacavem.pt/) e de uma página no Facebook (https://www.facebook.com/associacao.amigos.loica.de.sacavem).

 

 © MAFLS


Fevereiro 04 2015

Prato raso estampado sob o vidrado, a castanho, com o motivo Congo.

 

Curiosamente, este motivo conjuga três características bem díspares – o nome, de inspiração africana, a paisagem lacustre ou fluvial da reserva, de inspiração romântica europeia, e a decoração floral, de inspiração oriental.

 

Embora tal não esteja assinalado, pelas suas características e peso, a pasta parece corresponder à categoria de pó-de-pedra, habitualmente designada como granito (cf. http://mfls.blogs.sapo.pt/60905.html).

 

A publicação pontual deste artigo surge por ocasião da mais recente reunião da Direcção da AALS, que decorreu no passado fim-de-semana, pretendendo transmitir um particular agradecimento a Clive e Emma Gilbert, pela peça que aqui se apresenta, e a José Carlos Roseiro e Luísa Bivar Roseiro, pela hospitalidade dispensada a todos os membros deste órgão presentes no evento.

 

 

© MAFLS


Setembro 23 2011

 

Prato de doce, do período B. H. S. & Cia., decorado a dois tempos com o motivo Campainhas – primeiro estampado a castanho, sob o vidrado, e depois pintado a policromia sobre o vidrado.

 

 

© MAFLS


Março 25 2011

 

Jarro decorado sobre o vidrado com o motivo Outono e filetagem a dourado.

 

O motivo foi estampado a castanho, tendo posteriormente recebido retoques multicoloridos, à mão, sobre a borboleta e os desenhos florais.

 

A marca B. H. S. & C.ª da Real Fabrica de Sacavem foi também estampada sobre o vidrado, não sendo visível qualquer outra marca na pasta.

 

 

© MAFLS


Setembro 28 2010

 

Bule estampado com o motivo Fetos sob o vidrado.

 

 

© MAFLS


Setembro 04 2010

 

Prato fundo (de sopa) decorado, sob o vidrado, com o motivo Metz e a inscrição publicitária "José Lopes Gaspar / & / Irmão / Aldeia de Matto". No verso, junto à marca, apresenta também a inscrição "[Coroa] / SACAVEM / 2", incisa na pasta.

 

É possível que esta Aldeia de Matto corresponda à actual Aldeia do Mato, no concelho de Abrantes, a uma das diversas localidades hoje denominadas Aldeia de Matos, ou mesmo a A-dos-Matos, no concelho de Grândola. 

 

Uma vez que a inscrição se encontra num prato de sopa, poder-se-á especular que seja uma marca de posse de estalajadeiros estabelecidos no século XIX.

 

 

© MAFLS


Março 28 2010

 

Prato com decoração Lilian, estampada sob o vidrado, filete dourado e retoques a preto e dourado, sobre o vidrado.

 

Com este motivo de clara influência oriental conhece-se também um prato para terrina, estampado a preto, sem qualquer decoração adicional sobre o vidrado.

 

 

© MAFLS


Fevereiro 12 2010

 

Travessa formato Paris com o motivo Beira estampado a verde, sob o vidrado, e filetagem e decoração complementar, a dourado, sobre o vidrado.

 

 

© MAFLS


Janeiro 18 2010

 

Saleiro com o motivo Beira estampado a verde, sob o vidrado, e filetagem e decoração, a dourado, sobre o vidrado.

 

 

© MAFLS


Dezembro 14 2009

 

Prato coberto e travessa, formato Paris, estampados com o motivo Beira, sob o vidrado, apresentando filetagem e decoração complementar a ouro, sobre o vidrado.

 

 

© MAFLS


mais sobre mim
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


pesquisar