Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Fevereiro 21 2015

 

Peça em porcelana, com cerca de 10,6 x 13,8 x 8,2 cm., produzida na fábrica da Vista Alegre, em Ílhavo.

 

Embora este exemplar apresente a marca correspondente ao período de 1947-1968, sabe-se que o modelo foi aprovado pelo director artístico da VA, J. Cazaux (datas desconhecidas), em Maio de 1942.

 

Um verbete da VA onde se encontra o habitual registo de produção anota a data de criação como sendo 1941 e na secção de dados dados históricos refere ainda o nome C. Han (?) e o preço de 25$00. Estaremos, assim, perante um modelo de outra fábrica que a VA terá adquirido e adaptado para a sua produção, prática que não era nada invulgar, não só na VA e nas empresas cerâmicas portuguesas como nas internacionais.

 

O mesmo verbete classifica esta peça como sendo um "Floreiro" e refere a sua designação como "Golfinho", correspondendo ao desenho P.2124. Regista ainda que o preço de custo de um exemplar branco era de 5$40, de um exemplar pintado e com complementos a ouro de 18$60, ascendendo o preço de venda deste último a 22$00.

 

 

© MAFLS

 

publicado por blogdaruanove às 21:01

Abril 19 2014

 

Estatueta em biscuit da fábrica Artibus.

 

Note-se como a madeixa e o posicionamento dos braços parecem ser uma imagem de marca da maioria dos putti produzidos por esta fábrica aveirense (cf. http://mfls.blogs.sapo.pt/144303.html).

 

Estas representações de meninos, cuja tradição remonta sincreticamente às figuras clássicas de Cupido ou Amor, e tiveram particular consagração nas faces de anjinhos pintadas por Rafael (Rafaello Sanzio, 1483-1520), foram favorecidas na modelação estatuária da Artibus, chegando inclusive a surgir em castiçais luxuosamente decorados a esmalte e ouro.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Maio 04 2013

 

Caixa em terracota, com cerca de 5,1 cm. de altura e 12,6 cm. de diâmetro, decorada em relevo com putti ostentando instrumentos musicais.

 

Esta peça não apresenta qualquer marca, mas a faixa e a filetagem pintadas sobre a argila vermelha remetem claramente para as peças de terracota comercializadas em feiras e lojas portuguesas durante o terceiro quartel do século XX.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Outubro 28 2012

 

Grande prato de parede, com cerca de 36,4 cm. de diâmetro, apresentando decoração de F. Macedo (datas desconhecidas) executada em 1934 na Fábrica do Agueiro, em Vila  Nova de Gaia.

 

Sobre esta fábrica, o livro Itinerário da Faiança do Porto e Gaia (2001) refere o seguinte:

 

"Estabelecida em 1919 no sítio do Agueiro, em Mafamude, mas com entrada por Soares dos Reis. Dedicava-se ao fabrico de louça e azulejo. Foi continuada por impulso de José de Almeida Pinheiro, em 1941, sendo conhecida sob a firma Cerâmica Soares dos Reis Lª, embora também use, sobretudo em painéis de azulejo, a antiga firma Fábrica do Agueiro. Manteve-se em laboração, com alguma qualidade e originalidade artística, até 1964."

 

Reproduzidas abaixo encontram-se algumas imagens de um revestimento azulejar ostentando a assinatura da Fábrica do Agueiro. Trata-se de um dos conjuntos públicos mais conhecidos desta empresa. Tendo sido executado em 1931, ornamenta a antiga Praça do Rossio, entretanto rebaptizada Praça da República, em Viseu.

 

 

 

       

 

Como também já havia sido referido anteriormente (ver artigo mencionado abaixo) a fábrica Soares dos Reis foi reestruturada em 1941. Efectivamente, nos dois primeiros artigos de uma escritura datada de 25 de Agosto desse ano pode ler-se o seguinte:

 

" Sob a denominação de Fábrica de Cerâmica Soares dos Reis, Limitada, e com o objectivo de explorar o fabrico de louças de pó de pedra e quaisquer outros tipos ou géneros de cerâmica, podendo, no entanto, dedicar-se a outros ramos de indústria ou comércio que os sócios determinem, constitue-se a presente sociedade [sociedade comercial por cotas de responsabilidade limitada], que durará por tempo ilimitado, a contar desta data, sendo a sua sede e domicílio na Rua Soares dos Reis, 159, da vila e concelho de Gaia.

 

O capital social, que se acha inteiramente realizado em dinheiro, é de 80.000$00, dividido nas seguintes cotas dos sócios: D. Beatriz Magalhãis de Almeida, 47.500$00; António Pereira da Silva, 12.500$00; Fernando Osório Oliveira e Manuel João da Costa, 10.000$00 cada um."

 

Assim, poder-se-á concluir que, muito provavelmente, foi a partir desta data que a popular designação Fábrica do Agueiro passou a deixar de constar das peças produzidas na empresa.

 

Sublinhe-se ainda o curioso facto de o nome de José de Almeida Pinheiro, referido no Itinerário da Faiança do Porto e Gaia, não surgir nesta escritura de 1941, nem como sócio, nem como administrador ou gerente, embora se trate muito provavelmente de um familiar da maior accionista.

 

Veja-se um outro prato desta fábrica, com a designação Soares dos Reis, aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/68135.html.

 

 

© MAFLS


Janeiro 02 2011

 

Castiçal em pasta branca, com decoração a dourado sobre o vidrado.

 

Embora esta peça não se encontre marcada nem numerada, poderá corresponder ao Castiçal c/ anjinho, catalogado numa nota manuscrita do exemplar da tabela de Novembro de 1945, existente no CDMJA, sob o número 452.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Agosto 07 2010

 

Prato de parede com decoração estampada sobre o vidrado e vestígios de dourado no rebordo. No verso apresenta quatro orifícios que permitem a colocação de um fio, ou arame, para suspender a peça.

 

Um prato de diferente formato, mas com a mesma estampa, encontra-se reproduzido no catálogo da exposição Porta Aberta às Memórias, Segunda Edição, realizada em 2009 no MCS.

 

Note-se como este formato apresenta um recorte floral estilizado. Para um paralelismo com os motivos florais da decoração estampada veja-se um azulejo da FLS com o motivo nenúfar em: http://mfls.blogs.sapo.pt/51916.html .

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

mais sobre mim
Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
15
16
17

19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


pesquisar
 
subscrever feeds