Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Junho 17 2014

 

Saladeira, com cerca de 22,1 de diâmetro e 4,8 de altura, apresentando decoração estampada a verde sob o vidrado.

 

Veja-se um exemplar com o mesmo formato, mas apresentando diferentes dimensões e o motivo Chorão, aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/137036.html, e um prato de cozinha, com o mesmo motivo também nesta mesma cor, aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/133266.html.

 

Note-se como o número das distintas estampas variava em função das dimensões da peça.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Setembro 22 2013

© MCS/CDMJA

 

Fotografia de uma saladeira formato Mariscos, com os respectivos complementos de servir.

 

Veja-se uma imagem de saladeira com o mesmo formato aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/43116.html.

 

A reprodução desta fotografia é uma cortesia do Museu de Cerâmica de Sacavém / Centro de Documentação Manuel Joaquim Afonso.

 

© MAFLS


Outubro 27 2012

 

Saladeira formato Paris decorada com o motivo Beira estampado a verde, sob o vidrado, e filetagem a dourado.

 

Note-se que esta saladeira não só apresenta o motivo estampado a verde como apresenta a marca B. H. S. & Ca.

 

Considerando como amostragem significativa as peças até aqui apresentadas, parece assim que esta marca surge predominantemente associada à estampagem deste motivo a verde, enquanto a estampagem a azul parece surgir associada com mais frequência às marcas Gilman Lda. e G&Cta.1 (cf. http://mfls.blogs.sapo.pt/37228.html).

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Abril 13 2010

 

Saladeira triangular, modelada em relevo e pintada à mão sobre o vidrado verde, registada no catálogo de formatos de Maio de 1950 sob a designação Mariscos.

 

Tal como referido anteriormente, este formato é semelhante a um outro produzido pela fábrica inglesa Carlton Ware, sendo também algumas variantes comercializadas por determinadas fábricas em conjunto com talheres que, na sua componente cerâmica, apresentavam motivos complementares à decoração, conforme se pode observar abaixo.

 

O perfil recortado tornou este modelo muito propenso a um grande desgaste do rebordo, pelo que é normal que os diversos exemplares existentes em colecções particulares, e os que ainda hoje surgem no mercado, apresentem inúmeras falhas originadas pelo uso.

 

 

Saladeira em porcelana, de fabrico alemão, apresentando o metal marcado com as siglas da célebre fábrica WMF, Württembergische Metallwarenfabrik (http://www.wmf.com/).

 

 

© MAFLS


Março 16 2010

 

Saladeira formato Estoril, em pasta azul.

 

Esta saladeira não surge nas tabelas de preços de 1932 e 1938, encontrando-se no entanto referenciada no Catálogo de Formatos de Loiças Domésticas de Maio de 1950, onde surgem reproduzidos doze formatos – Aldeia, Berlim, Coimbra, Estoril, Hotel, Império, Inglês, D. João V, Paris, Redondo, W. [Wagon] Lits e Mariscos.

 

Este último formato, com três lavagantes na base, é igual a um formato produzido pela fábrica inglesa Carlton Ware e semelhante a um formato em porcelana sem indicação de fabrico, mas que surge com remate metálico e talheres marcados WMF, sigla que corresponde à famosa fábrica alemã Württembergische Metallwarenfabrik (http://www.wmf.com/).

 

 

© MAFLS


mais sobre mim
Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
15
16
17

19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


pesquisar