Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Junho 08 2010

 

Jarra da Fábrica do Carvalhinho, com pintura à mão sob o vidrado.

 

A numeração, 2, referir-se-á à decoração, as iniciais, A. L., ao(à) pintor(a). O número inciso, 579 (?), corresponderá ao formato da jarra.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Fevereiro 20 2010

 

Jarra formato 85 com decoração, em sgraffito (esgrafitado), de flores e mariposas.

 

A decoração esgrafitada foi utilizada com certa frequência em diversas decorações da cerâmica industrial europeia e americana do século XX, em particular na cerâmica francesa e escandinava (vejam-se exemplos da fábrica sueca Gustafsberg aqui: http://blogdaruaonze.blogs.sapo.pt/78448.html) .

 

Não é, no entanto, uma decoração muito comum na FLS nem na produção novecentista das grandes fábricas portuguesas, facto a que não será alheia, em parte, uma tradicional contratação de maior número de  pintores do que modeladores ou escultores, os quais seriam os responsáveis pela aplicação desta técnica, e o consequente custo acrescido da mão-de-obra requerida.

 

Neste exemplar, o desenho foi raspado na cobertura preta, ainda fresca, da peça, de modo a revelar a pasta branca que se encontrava por baixo e a conceder relevo à decoração. Quer o desenho esgrafitado quer o corpo e a base da jarra foram posteriormente recobertos com uma camada de vidrado transparente.

 

(Com agradecimentos a Fernando Ribeiro, pelo tratamento e recorte de uma imagem de baixa resolução.)

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Dezembro 02 2009

 

Grande jarra, formato número 3, estampada sob o vidrado e dourada.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Setembro 18 2009

   

 

Jarra de formato não identificado, pintada à mão.

 

Apesar de este ser um modelo fora de moda em 1940, pois já não surge numa carta de desenhos e formatos datável da década de 1930, onde estão representados formatos Art Déco, é possível que este exemplar seja dessa década.

 

Conhecem-se diversas peças pintadas à mão, com este azul escorrido, datadas dessa época.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Setembro 15 2009

 

Jarra com decoração em relevo e vidrado bicolor semi-mate, adaptada, fora da FLS, a base de candeeiro.

 

O vidrado bicolor desta jarra é pouco comum na produção da FLS, tendo surgido, em meados do século XX, em algumas peças de inspiração Art Déco, como esta. Conhecem-se outros exemplares desta jarra com vidrado monocromático, beige.

 

Esta jarra aparece referida na tabela de Novembro de 1945 com a designação 31 - Jarra Peixes em relêvo n.º6. De acordo com essa tabela, apenas se produzia em pasta com vidrado colorido, sem ouro, ao preço de 21$20.

 

Já na tabela de Maio de 1951, surge com a indicação de se produzir em cores mates ou pasta com vidrado colorido sem ouro, ao preço de 24$50.

 

Este formato já não consta da tabela de 1960.

 

 

© MAFLS


mais sobre mim
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
14
16
17

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


pesquisar
 
subscrever feeds