Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Setembro 01 2022

 

Página de um catálogo da União Comercial de Louças e Vidros, Lda., sita na Rua da Glória, 77-85, em Lisboa, datado de 1937.

 

Como já foi referido em 2020, a publicação apresenta, entre outras, uma secção dedicada exclusivamente à "Louça de Sacavém", onde se reproduzem 54 peças da produção de loiça sanitária e utilitária desta fábrica.

 

Esta página, em particular, documenta o gosto conservador do mercado, que continuava a procurar formatos datados e motivos que já vinham do século XIX, como o motivo Estátua, popularizado com a designação Cavalinho.

 

A popularidade deste motivo deu origem à sua produção em grande escala, em diversas fábricas portuguesas, tal como aconteceu com o motivo Chorão, sendo curioso notar como aqui se documentam algumas das variantes desta decoração na FLS, quer quanto ao motivo central, quer quanto às cercaduras patentes nas travessas.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 23:59

Setembro 01 2022

 

Grande jarra Art Nouveau, com cerca de 30,5 cm. de altura, da fábrica francesa Rambervillers, surgindo com a referência número 11 nos catálogos editados pela empresa em 1905, 1920 e 1931.

 

Este é um dos quatro formatos, documentados, que Charles Catteau (1880-1966) concebeu para a Rambervillers.

 

Catteau viria a tornar-se célebre após ingressar na fábrica belga Boch Frères Keramis, onde, depois de ensaiar ainda a criação de alguns formatos e motivos Art Nouveau, concebeu extraordinários exemplares cerâmicos, ora feéricos e exuberantes, ora depurados e contidos, dentro da gramática Art Déco.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 22:01

Setembro 01 2022

 

Prato em faiança com cerca de 20,7 cm. de diâmetro, sem qualquer marca, decorado ao centro com um cravo estilizado e na cercadura com diferentes flores.

 

Note-se como toda decoração floral, quer do motivo central quer da cercadura, foi executada a stencil (chapa recortada)

 

Embora seja difícil efectuar uma atribuição fidedigna de faianças sem a fundamentar com uma análise química da pasta, com uma análise comparativa dos motivos conhecidos, oriundos das várias fábricas e oficinas, e com as suas diferentes paletas cromáticas, as cores aplicadas nesta peça parecem sugerir que poderá ter sido produzida no norte do país, possívelmente em fábricas da região de Gaia e do Porto.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 20:01

Setembro 01 2022

 

Pequena jarra em grès, com cerca de 13,2 cm. de altura, apresentando a marca do consagrado ceramista francês Alexandre Bigot (1862-1927).

 

Inicialmente formado em física e química, Bigot interessou-se pela cerâmica a partir de 1889, ano em que visitou a Exposição Universal e se deixou cativar pela cerâmica oriental aí exibida.

 

Posteriormente, veio a colaborar com o célebre arquitecto Hector Guimard (1867-1942), colaboração que veio consolidar o seu percurso na integração da cerâmica em projectos arquitectónicos e o elevou à categoria de  um dos maiores expoentes na área.

 

Em 1900 recebeu um Grand Prix na Exposição Universal, distinção que consagrou definitivamente o seu percurso, levando-o a colaborar com muitos outros arquitectos, particularmente no auge do período Art Nouveau.

 

Note-se como esta peça apresenta uma estrutura em estanho, representando lírios estilizados, que acentua a sua origem francesa através da evocação do símbolo nacional que é a fleur-de-lis.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 18:01

Setembro 01 2022

 

Prato em grés, com cerca de 28,2 cm. de diâmetro, apresentando decoração da autoria do consagrado ceramista Jorge Mealha (1934-2021).

 

Veja-se como o artista tratou um motivo estilizado, que poderia ser vulgar, com um pequeno detalhe original, alterando assim a percepção da realidade ao vazar o fundo dos cinco troncos das árvores que se encontram em primeiro plano.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 16:01

Setembro 01 2022

 

Grande jarra em grés, com cerca de 37,8 cm. de altura, da fábrica francesa Denbac.

 

Estamos perante uma das icónicas jarras desta fábrica que ilustra perfeitamente uma harmoniosa interpretação das opções da gramática Art Nouveau.

 

Note-se, ainda, como a opção escultórica de fazer brotar do corpo da peça as três asas lhe confere um certo sentido vegetalista e a aproxima formalmente de uma opção semelhante, embora bem menos estilizada e bem mais curvilínea, exemplificada no gomil de Jérôme Massier (1850-1926) já hoje apresentado.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 14:01

Setembro 01 2022

 

Estatueta em faiança não vidrada, com cerca de 30 cm. de altura, produzida em fábrica não identificada.

 

Note-se como este imaginário de figuras populares se insere numa tendência, iniciada nas décadas de 1930 e 1940, que levou inúmeras fábricas portuguesas de cerâmica, incluindo as de porcelana, como a SP e a VA, a produzir diversas variantes e interpretações destes motivos populares.

 

Atendendo às suas características técnicas e formais, é muito provável que esta peça tenha sido produzida numa das fábricas de Coimbra, possivelmente na Estatuária.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 12:01

Setembro 01 2022

 

Pequena jarra em faiança, com cerca de 16 cm. de altura, produzida cerca de 1934 na fábrica belga Boch Frères / Keramis.

 

Apresentando uma decoração floral estilizada ao gosto Art Déco, esta peça ostenta um vidrado, uma combinação cromática e um fundo preto que ilustram mais uma variante das inúmeras opções de vitrificação e decoração desta renomada fábrica belga.

 

Neste caso, o conjunto evidencia clara influência das célebres faianças Gouda, produzidas nos Países Baixos e particularmente notáveis durante os períodos Art Nouveau e Art Déco, influência que também se verificou na cerâmica belga de Mons.

 

As iniciais V. B. correspondem a Vittorio Bonuzzi (datas desconhecidas) que, ao longo da década de 1930, concebeu, com assinalável sucesso comercial, inúmeras composições florais, dentro deste estilo, para a empresa.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 10:01

Setembro 01 2022

 

Bule em porcelana da Vista Alegre, com cerca de 11,2 x 26,3 e 17,2 cm. de diâmetro máximo, no formato Samuel, um dos mais icónicos modelos Art Déco que, a exemplo de outros, a VA importou da Alemanha.

 

Note-se como a decoração floral, aplicada por decalcomania, vai de encontro a um gosto mais conservador dos consumidores, distraindo o olhar da modernidade e estilização formal da peça.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 08:01

Setembro 01 2022

 

Jarra em porcelana, com cerca de 19,5 cm. de altura, apresentando uma aplicação de latão com inspiração floral estilizada de origem oriental.

 

Embora esta peça não se encontre marcada, o seu vidrado azul cobalto e a sua qualidade permitem especular sobre a sua origem, que poderá corresponder provavelmente à produção do ceramista francês Paul Milet (1870-1950).

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 06:01

mais sobre mim
Setembro 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


arquivos

Setembro 2022

Setembro 2021

Setembro 2020

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

pesquisar
 
subscrever feeds