Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Outubro 05 2011

 

Conforme é comummente referido nos catálogos e livros que tratam da história e da produção da porcelana na Vista Alegre, esta é a empresa cerâmica portuguesa que apresenta um dos mais claros registos cronológicos para a mudança de logótipo e marcas, uma vez que a mudança de administração é tradicionalmente acompanhada de mudança da marca que se apõe nas peças.

 

Estas breves notas debruçam-se sobre algumas marcas utilizadas entre 1922 e 1980 que, se exceptuarmos variantes, se resumem a quatro modelos e aos correspondentes períodos – 1922-1947, 1947-1968, 1968-1971 e 1971-1980.

 

Entre outras publicações, esta tabela encontra-se registada no livro Vista Alegre: Porcelanas (1989), de autoria colectiva, e no opúsculo Vista Alegre: Porcelanas Portuguesas (1998), de Ilda Arez (datas desconhecidas).

 

   Marca correspondente ao período 1924-1947.

 

Através da consulta dessa tabela, constata-se que a marca reproduzida acima correponde ao período de 1924 a 1947, sendo que a antecedente desta variante, em que, por exemplo, os traços horizontais que rematam a inicial V são mais curtos, havia sido introduzida em 1922 e esteve também em uso até 1947.

 

Neste primeiro exemplo, contudo, o interessante é que esta é a marca aposta no verso do cinzeiro, sob o vidrado, enquanto que a frente apresenta a marca e a data que se reproduzem. Tal como a filetagem, surgem a azul sobre o vidrado.

 

Será esta uma indicação de a nova marca ter sido apenas introduzida a 19 de Julho de 1948, uma segunda-feira? O facto de a nova marca surgir em destaque na peça sugere que a data celebra uma efeméride relativa à VA, muito possivelmente a da introdução do novo logótipo. Assim sendo, haveria lugar a um pequeno ajustamento na cronologia da referida tabela.

 

 

O segundo exemplo, patente numa peça experimental, apresenta a marca correspondente ao período 1947-1968 acompanhada de anotações referentes aos tempos de cozedura.

 

A marca VA surge sob o vidrado, bem como a referência e a data P. H. 19.7-54. Também o tempo de  cozedura de 20 minutos foi aposto, a azul, sob o vidrado, embora a indicação de cozedura adicional de mais 15 minutos tenha sido já aposta sobre o vidrado.

 

Esta peça, decorada a azul cobalto, sob o vidrado, e a dourado, sobre o vidrado, é um excelente exemplo do acompanhamento que a VA fazia do design da época.

 

Marca correspondente ao período 1947-1968.

 

De facto, este é um motivo que está muito próximo de outros motivos que então surgiram na cerâmica escandinava, particularmente em algumas peças desenhadas por Stig Lindberg (1916-1982; http://mfls.blogs.sapo.pt/63240.html), a partir da década de 1940, para a fábrica sueca Gustavsberg.

 

No entanto, esta peça da VA destaca-se dos desenhos florais de Lindberg pela maior elegância decorrente do tratamento singelo e harmonioso das formas vegetais e pela abordagem quase minimalista da composição.

 

Além de tudo isto, note-se ainda como a circularidade do rebordo está bastante imperfeita, traduzindo assim as características experimentais da peça.

 

          

 

O exemplo seguinte surge numa taça decorada integralmente sobre o vidrado, com um motivo mais uma vez próximo do gosto orientalizante que marcou durante décadas a produção da VA.

 

As romãzeiras, a representação das flores de maiores dimensões e a predominância em exclusivo dos tons de azul e dos retoques a dourado remetem claramente para essa gramática oriental.

 

Marca especial correspondente a 1974.

 

A marca aqui reproduzida corresponde à marca comemorativa dos 150 anos da VA, utilizada durante todo o ano de 1974.

 

Surge ainda a legenda complementar "1.° dia do lançamento / da nova marca / 2-1-74". Esta indicação "nova marca" refere-se exclusivamente à marca do centenário, pois uma versão quase igual deste logótipo, sem coroa de louros nem as datas 1824-1974, como se pode ver abaixo, havia sido já introduzida em 1971.

 

 

Finalmente, o último exemplo apresentado ilustra algo que aconteceu com frequência na década de 1970 – a aposição simultânea da marca VA e da marca SP.

 

Como referido anteriormente, a Sociedade de Porcelanas, de Coimbra, foi adquirida pela VA em 1945. No entanto, até à década de 1970 não era comum haver sobreposição das distintas marcas da fábrica de Coimbra e da fábrica de Ílhavo.

 

A peça apresenta a marca SP sob o vidrado, indicando portanto ser originária de Coimbra, e a marca VA sobre o vidrado, o que poderá indicar ter sido decorada em Ílhavo. Esta sobreposição é conhecida em peças com marca VA correspondentes quer a 1968-1971 quer a 1971-1980, quer ainda em peças exportadas nesse período para os EUA.

 

Esta decoração, de grande qualidade, aliás, embora não pintada à mão, como à primeira vista parece, poderá ter sido também destinada ao mercado de exportação.

 

   Marca correspondente ao período 1971-1980.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Ola colega!


Penso que a primeira peça da VA, foi produzida ainda em 1947, para um evento em 1948..

Devia as inumeras encomendas e produçoes é possivel que a peça tenho sido feita com antecedencia.

Tambem tenho um prato comemorativo que foi feito muito antes do evento.


Flávio Teixeira
Flávio Teixeira a 6 de Outubro de 2011 às 13:07

Boa noite, mais uma vez, Flávio.

Não duvido que o cinzeiro tenha sido produzido em 1947, ou antes, como acontecia em muitas fábricas que utilizavam o biscoito, anteriormente marcado, muitos anos mais tarde.

A questão prende-se com o porquê do destaque dado ao logótipo naquela data.

Saudações!

MAFLS
blogdaruanove a 11 de Outubro de 2011 às 22:52

Excelente post, rigoroso, sistemático e útil para quem queira datar as suas peças e perceber a lógica das mudanças de marca.

Achei muito curioso os pequenos números assinalando o tempo de cozedura.

Já apanhei números no tardoz de peças da VA, do séc. XIX, mas sem referência a minutos. Será que se reportam à cozedura ou a um número interno para um tipo de decoração?

abraços

Luís Montalvão
Luís Montalvão a 6 de Outubro de 2011 às 22:43

Boa noite, Luís.

Neste caso particular, diria que remetem indubitavelmente para o tempo de cozedura.

Nos exemplos do século XIX, que refere, haveria que ver cada caso... As peças estrangeiras desse século, como muito bem sabe, apresentam geralmente numeração correspondente quer aos motivos quer aos/às pintores/as.

Abraço.

MAFLS

muito obrigado!!!

A peça que estava a pensar é uma cafeteira, que tem o número 18 a dourado. Portanto cozeria 18 minutos.

Mais uma vez agradeço as suas informações, que tentarei usar criteriiosamente

Abraços e prossiga com este blog

Luís Montalvão
LuisY a 11 de Outubro de 2011 às 23:51

Não sei, Luís, não sei.

Se é do século XIX, inclinar-me-ia mais para um número correspondente à decoração ou ao/à pintor/a, tal como acontece na jarra Derby que já foi aqui reproduzida (http://mfls.blogs.sapo.pt/109172.html). A não ser que seja declaradamente uma peça experimental.

Aliás, no caso da V.A., como saberá, algumas peças iguais também apresentam diferentes números incisos na pasta, os quais denotam diferentes dimensões. Isto, quer em loiça decorativa quer em loiça de mesa.

Muitos outros pequenos aspectos intrigantes existirão, certamente, quer quanto às marcas na pasta quer quanto às combinações alfa-numéricas pintadas na base das mais diversas peças cerâmicas.

Abraço.

MAFLS
blogdaruanove a 12 de Outubro de 2011 às 18:32

Boa tarde

Tenho alguns pratos ,que têm escritos á mão na traseira,va em letras pequenas,A.O.Coimbra,em que a letra C vem da letra Va,e por baixo tem J.S.F. ,sabem me dizer se estas peças terão algo a ver com a Vista Alegre.

Sem outro assunto de momento

Virgilio Lourenço

o meu email......virgilio.b.lourenco@sapo.pt
virgilio lourenço a 9 de Dezembro de 2012 às 20:39

Boa tarde, Virgílio Lourenço.

Como compreenderá, é impossível dar uma opinião sobre as peças apenas com os dados por si referidos e sem quaisquer fotografias.

Seria importante saber se estamos a falar de pasta de porcelana, de faiança, de grês... Se estamos a falar de marcas impressas, manuscritas... Enfim, sem tais indicações inclinar-me-ia a para emitir a opinião de que esse pratos não têm qualquer relação oficial com a VA, podendo, eventualmente, tratar-se de exemplares brancos decorados fora da fábrica.

Saudações.

Boa noite

Agradeço a vossa atenção,e gostaria muito de vos enviar as fotos de várias peças que possuo,dentro da caracteristica por mim mencionada no meu comentário anterior,se por alguma razão tiverem interesse em ver as fotos,agradecia que me dissessem, para que email,vos posso enviar as fotos.

Sem outro assunto de momento

Virgilio Lourenço
virgilio lourenço a 11 de Dezembro de 2012 às 21:40

Boa tarde, Virgílio Lourenço.

Poderá enviar as suas fotos para o endereço constante do perfil: now.here@sapo.pt

Saudações.
blogdaruanove a 15 de Dezembro de 2012 às 17:34

Boa tarde, ando há horas a procurar um serviço de porcelana de jantar da VA na net, a pedido dos meus pais, para saber o seu valor. Será que me podem ajudar?
márcia a 3 de Dezembro de 2013 às 15:55

Boa noite.

Caso pretenda uma avaliação do referido serviço, lamento informar que este espaço não presta esse tipo de consultadoria nem efectua avaliações.

Para esse fim sugiro o contacto com antiquários ou casas leiloeiras.

Saudações.
blogdaruanove a 15 de Dezembro de 2013 às 02:09

Bom dia
Pretendo encontrar pratos de sopa VA de servico produzido entre 1947 e 1950. Alguem me poderá informar contactos/forums/sites onde passa procurar.
Muito obrigado
Miguel Rodrigues
MiguelRodrigues a 20 de Agosto de 2016 às 16:43

Boa tarde, Miguel Rodrigues.

Poderá pesquisar nos habituais sites genéricos de venda online, que aqui não serão referidos, pois isso implicaria publicidade específica e explícita, mas que são do conhecimento geral e inclusive são divulgados em anúncios televisivos.

Poderá também indicar o motivo pretendido e deixar uma lista de aquisições nos diversos antiquários ou mesmo nos vendedores das feiras de velharias e antiguidades.

Saudações.
blogdaruanove a 31 de Agosto de 2016 às 19:42

mais sobre mim
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
14

18
20

24
26
28



pesquisar