Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Janeiro 27 2018

 

Conjunto de dois pequenos azulejos, lambrilhas, com cerca de 7 cm. de lado, parcialmente decorados a stencil (chapa recortada) e pintados à mão, sob o vidrado, com a combinação máxima de quatro cores sobre o revestimento estanífero de fundo.

 

À semelhença de outros exemplares anteriormente reproduzidos, certamente da mesma proveniência (http://mfls.blogs.sapo.pt/outras-fabricas-outras-loicas-cccliv-392994), estas lambrilhas também não apresentam qualquer marca no tardoz. 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Janeiro 24 2018

 

No dia 26 de Fevereiro de 2018, segunda-feira, entre as 09h30 e as 17h00, decorrerá no Museu de Cerâmica de Sacavém uma conferência inserida nas comemorações dos 150 anos do nascimento de Jorge Rey Colaço (1868-1942), notável pintor cerâmico que colaborou com as fábricas Lusitânia e Sacavém e é autor de diversos painéis azulejares, como os que revestem o Hotel do Buçaco, ou a estação de S. Bento, no Porto.

 

A entrada na conferência é gratuita e encontra-se aberta ao público em geral, mas requer pré-inscrição até ao dia 19 de Fevereiro de 2018, que poderá ser efectuada junto dos serviços da Câmara Municipal de Loures / MCS (carlos_pereira@cm-loures.pt), e estará limitada ao número de lugares disponíveis no auditório do museu.

 

O programa apresenta como moderadores Carlos Luís, Carlos Pereira e Conceição Serôdio, da CM Loures e do MCS, e como oradores convidados Ana Sousa, Augusto Moutinho Borges, Cláudia Emanuel, João Manuel Mimoso, José Meco, Maria Alexandra Gago da Câmara, Paula Azevedo, Pedro Almeida, Rosário Salema de Carvalho, Sílvia Santa-Rita, Teresa Verão, Tiago Borges Lourenço e Tomás Colaço.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Janeiro 21 2018

 

Duas pequenas taças modeladas pelo ceramista Rui Paiva (n. 1956).

 

A primeira, medindo cerca de 7,7 cm. de altura e tendo cerca de 9,7 cm. de diâmetro máximo, foi criada em 2010; a segunda, medindo cerca de 9,8 cm. de altura e tendo cerca de 9,7 cm. de diâmetro máximo, foi criada em 2011.

 

 

Estas duas peças, na sua aparente, mas intencional, imperfeição de acabamento e modelação, nos seus revestimentos, e na sugestão da sua rude origem terrosa, evocam a essência das mais interessantes e clássicas taças de chá japonesas.

 

Visite-se o site do ceramista aqui: http://ruipaiva.net/blog-do-rui, onde estão ilustradas outras peças, funcionais ou decorativas, de maior dimensão, bem como diversas esculturas e instalações cerâmicas.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Janeiro 13 2018

 

Pequena jarra bojuda, em pasta cerâmica vermelha e com cerca de 13 cm de altura, apresentando vidrado escorrido policromático.

 

Embora a marca não seja legível, parece corresponder a uma das marcas circulares da fábrica Bordalo Pinheiro, das Caldas da Rainha, do período posterior a Gustavo Bordalo Pinheiro (1867-1920) e à Fábrica San Rafael.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Janeiro 11 2018

 

Lambrilha, com motivo e tratamento compositivo revivalista, ostentando no tardoz a legenda, em relevo, SACAVEM.

 

Esta incomum peça da FLS, que alia ao revivalismo composicional o parcial recurso técnico ao stencil (chapa recortada), assinala a publicação do milésimo quingentésimo artigo neste espaço.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:00

Janeiro 10 2018

 

Caixa, com cerca de 5 cm. de altura e 15,2 cm. de lado, ostentando um motivo de inspiração japonesa, estampado, e complementos a platina.

 

Este mesmo motivo foi também aplicado na decoração de pratos de parede, como anteriormente documentado num exemplar ostentando apenas a marca Coroa impressa na pasta: http://mfls.blogs.sapo.pt/17090.html.

 

Tal como acontece naquela peça, também esta apresenta alguns retoques, a esmalte branco, sobre a estampa.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Janeiro 07 2018

 

Jarras em faiança, com cerca de 20,4 cm. e 11,7 cm. de altura, produzidas na fábrica Arfai, Alcobaça.

 

Não apresentando qualquer marca, e provavelmente destinados à exportação, estes dois modelos documentam, já no dealbar do século XXI, um revivalismo da centenária gramática Art Nouveau e a preferência por um vidrado verde semi-mate característico também de alguma produção internacional desenvolvida, à época, nesse estilo, nomeadamente em fábricas como a sueca Gustafsberg e as norte-americanas Rookwood e Teco.

 

Evocativas de certas formas vegetais, mas sugerindo também, inequivocamente, formas fálicas, estas jarras recordam ainda, no que respeita a esta última característica, um modelo, o número 326, produzido, há cerca de cem anos, pela fábrica francesa Rambervillers. 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

mais sobre mim
Janeiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12

14
15
16
17
18
19
20

22
23
25
26

28
29
30
31


arquivos

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

pesquisar
 
subscrever feeds