Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Junho 30 2019

 

Pequena estatueta, com cerca de 14 cm. de altura, em faiança da Estatuária, de Coimbra.

 

Corresponde a uma imagem devocional existente na Igreja do Mosteiro de Santa Clara-a-Nova e representa a Rainha Santa, Isabel de Aragão (1282-1336), cônjuge do rei D. Dinis (1279-1325) e padroeira da cidade de Coimbra.

 

O feriado municipal de Coimbra celebra-se a 4 de Julho e honra a Rainha Santa Isabel. As festividades estritamente religiosas de 2019 decorrem entre 1 e 7 de Julho, embora o período de festas da cidade se inicie a 29 de Junho.

 

A imagem de Rainha Santa será conduzida a 5 de Julho para a igreja do Mosteiro de Santa Cruz, regressando ao Mosteiro de Santa Clara-a-Nova a 7 de Julho.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Junho 22 2019

 

Conjunto de chávenas de café e pires em porcelana CF, de Viana do Castelo.

 

Note-se como estas decorações estampadas se afastam da tradicional pintura à mão da CF e são muito similares a outros motivos aplicados em diversas fábricas portuguesas e internacionais, nomeadamente na SP de Coimbra, tal como se pode verificar aqui: https://mfls.blogs.sapo.pt/outras-fabricas-outras-loicas-cdxxxi-418160.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Junho 16 2019

 

Jarra, com cerca de 19,8 cm. de altura, em porcelana da Artibus, Aveiro.

 

A técnica de aplicação de motivos decorativos em relevo, particularmente os florais, ocorreu com frequência em diversas peças da Artibus, nomeadamente em pequenas estatuetas ou figuras, sendo estes relevos, na maior parte das vezes, pintados ou dourados.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Junho 08 2019

 

Pequena figura feminina modelada por Armando Correia (1936-2008).

 

Tal como acontece com diversas outras peças de Armando Correia, esta figura é um dos muitos exemplares de reprodução moldada, a partir do original, que o ceramista comercializou.

 

Exemplar da primeira metade da década de 1980.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Junho 02 2019

 

Em cima, pequena jarra em biscuit, com cerca de 4,8 cm. de altura, apresentando decoração floral estampada, produzida na empresa Vidrocerâmica.

 

A Vidrocerâmica foi uma empresa fundada em Aradas, Aveiro, na segunda metade da década de 1970, provavelmente em 1976.

 

Em baixo, pequena taça ou aneleira, com cerca de 1,6 cm. de altura e 4,7 cm. de diâmetro, em biscuit das porcelanas Íbis, também de Aveiro, uma empresa que teve o seu ponto alto na década de 1980.

 

 

Durante as décadas de 1970 e 1980 surgiram em Portugal várias empresas que se dedicaram à produção de miniaturas e pequenas peças em porcelana, com decoração floral estampada, numa abordagem algo demodée que se filiava ainda na tradição dos bibelots como elementos decorativos indispensáveis.

 

Em muitos lares portugueses, estes estavam também ainda associados, nessas décadas, à proliferação dos naperons de renda, ou crochet, que se aplicavam sobre escuros e pesados móveis de madeira lavrada.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

mais sobre mim
Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
21

23
24
25
26
27
28
29



pesquisar
 
subscrever feeds