Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Abril 02 2013

Herbert Gilbert fotografado cerca de 1900.

© Clive Gilbert


O INÍCIO DE UMA CARREIRA NA FLS (VIII)

 

Voltando aos meus primeiros tempos na Sacavém, que, como já referi, decorreram a partir de Julho de 1960, devo notar que passei esse período nos laboratórios da empresa, principalmente no dos ensaios físicos. Aqui eram ensaiadas diariamente amostras das três linhas de produção - loiça de mesa, sanitária, azulejo e mosaico, bem como amostras de cada remessa das várias matérias-primas que entravam, tanto das diversas pastas como dos vidros.

 

Este trabalho permitiu-me conhecer ao longo dos primeiros anos as várias linhas de produção da empresa numa altura importante, pois a Sacavém estava a investir em equipamento que permitisse não só melhorar a qualidade dos produtos como também melhorar a produtividade.

 

No entanto, este programa teve lugar numa altura em que o meu avô, como presidente do conselho de administração, já contava com mais de oitenta anos e com cinquenta e cinco anos de trabalho na empresa. Era um trabalhador incansável. Ia para Sacavém de manhã e durante a parte da tarde ia para os escritórios de Lisboa, por cima da loja da Avenida da Liberdade, onde se encontravam a Direcção Comercial e Compras e a Direcção Administrativa.

 

Para além de tudo isto, ao chegar a casa, no fim do dia, continuava a trabalhar até bem para além da meia-noite. Isto significava que ele é que controlava tudo na empresa. Até que um dia se esqueceu de encomendar uma remessa de barro e a fábrica esteve quase a parar a sua produção.

 

Com este contratempo, chegou à conclusão que não podia continuar a gerir a empresa daquela forma e ele próprio tomou a decisão de se reformar. Assim sendo, o conselho de administração resolveu chamar uma empresa francesa de organização, a Paul Planus, que durante vários meses trabalhou na Sacavém a montar um sistema que permitisse à empresa funcionar de uma forma mais descentralizada.

 

Entretanto, eu, já mais dentro dos vários processos de fabrico, comecei a reparar que as perdas na produção eram excessivamente elevadas, principalmente porque, devido às dificuldades existentes durante a Segunda Guerra Mundial em termos de importação de materiais acessórios à produção - tais como corantes ou placas refractárias para apoio no cozimento da loiça, a empresa se vira forçada a desenvolver por si própria muitos destes produtos. Mas estes não apresentavam a mesma qualidade do material importado, pois não detínhamos nem a técnica nem o equipamento especializado para o produzir.

 

A partir do momento em que começámos novamente a importar estes produtos, a melhoria na qualidade da loiça e azulejos foi notável, de tal forma que a Sacavém passou a fornecer loiça sanitária aos hotéis de luxo, que começaram a ser inaugurados no final da década de sessenta e o início da década de setenta, até porque foi possível começar a produzir a loiça na pasta vitrificada (vitreous china) exigida para este tipo de fornecimento.

 

© MAFLS             

publicado por blogdaruanove às 13:09

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

16
18

22
24
26

30


arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

pesquisar
 
subscrever feeds