Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Setembro 01 2014

 

Prato decorativo apresentando motivo central estampado, rebordo tratado a aerógrafo e filetagem a ouro, que poderá ser alusivo à Primavera.

 

Como se viu anteriormente (http://mfls.blogs.sapo.pt/prato-326867), conhece-se um outro prato do mesmo formato, com igual aplicação cromática no rebordo e motivo central com semelhante tratamento estilístico mas diferentes elementos, o que reforça a ideia de que estaremos perante um conjunto alusivo às quatro estações.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 09:01

Setembro 01 2014

 

Grande cinzeiro ou vide-poche, com cerca de 22,4 cm. de comprimento, em grés da fábrica francesa Denbac.

 

Correspondente ao formato 140, que raramente surge nas colecções privadas ou mesmo nos museus, esta peça ostenta um caracol como motivo principal, motivo comum a várias outras peças Art Nouveau de outras fábricas e que, na Denbac, se conhece ainda no formato 86, um cachepot.

 

 

Pequena jarra, com cerca de 17,7 cm. de altura, apresentando motivos vegetalistas estilizados. Este modelo corresponde ao formato 30.

 

Vejam-se outras peças Denbac, e ligações para informações referentes à fábrica, aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/denbac.

 

     

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 04:09

Setembro 01 2014

 

Azulejo apresentando imagem parcialmente executada a aerógrafo, com um motivo onde o humor se cria a partir do non-sense, na unidade de Coimbra da Companhia das Fábricas Cerâmica Lusitânia.

 

© MAFLS

 

publicado por blogdaruanove às 03:01

Agosto 28 2014

© MCS/CDMJA

 

Fotografia de uma peça que representa uma gaivota sobrevoando uma onda.

 

Esta composição de ave marinha suspensa sobre ondas foi comum a várias fábricas europeias, conhecendo-se ainda uma variante para aquário, com duas aves, produzida pela Moderna Industrial Decorativa, de Coimbra, como se referiu anteriormente: http://mfls.blogs.sapo.pt/259876.html.

 

A reprodução desta fotografia é uma cortesia do Museu de Cerâmica de Sacavém / Centro de Documentação Manuel Joaquim Afonso.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Agosto 12 2014

 

Prato decorativo apresentando motivo central estampado, rebordo tratado a aerógrafo e filetagem a ouro.

 

Conhece-se um outro prato do mesmo formato, com igual aplicação cromática no rebordo e motivo central com semelhante tratamento estilístico mas diferentes elementos, pelo que é possível que estejamos perante uma série representando alegorias às quatro estações.

 

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Julho 17 2014

 

Prato raso com decoração de inspiração árabe aplicada a stencil (chapa recortada).

 

Note-se como a decoração completa do rebordo é constituída por seis diferentes secções de stencil com o mesmo motivo. Note-se ainda como este exemplar apresenta simultaneamente duas marcas Gilman & Cta. de diferentes dimensões.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Junho 21 2014

© MCS/CDMJA

 

Fotografia de uma peça que representa um cão da raça dachshund, também conhecido como teckel.

 

A reprodução desta fotografia é uma cortesia do Museu de Cerâmica de Sacavém / Centro de Documentação Manuel Joaquim Afonso.

 

 

Acima apresenta-se um outro exemplar da mesma raça, não marcado mas de provável manufactura estrangeira.

 

Produzido em faiança, com cerca de 8,8 x 14,8 x 4,4 cm., ostenta decoração a aerógrafo sob o vidrado.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Junho 14 2014

 

Sardinhas de suspensão, em faiança, com cerca de 19,1 cm. de comprimento máximo.

 

Não apresentam qualquer outra marca a não ser a inscrição PORTUGAL impressa em relevo no tardoz. Esta é uma característica comum a outras peças recentemente produzidas na região sudoeste das Caldas da Rainha que já foram aqui apresentadas (cf. http://mfls.blogs.sapo.pt/287372.html).

 

A primeira destas sardinhas, com o seu figurativismo realista, insere-se na tendência revivalista que, desde princípios deste século, tem caracterizado alguma recuperação já industrializada do artesanato português, como as andorinhas de parede, documentando os restantes exemplares uma tardia aproximação pós-modernista à decoração do formato.

 

É claro que o primeiro destes exemplares evoca também alguma da cerâmica bordaliana de oitocentos, a qual, por sua vez, remete para a tradição quinhentista do ceramista francês Palissy (1510-c.1590).

 

Servem estas peças para marcar a quadra dos Santos Populares – Santo António (13), São João (24) e São Pedro (29), que decorre durante este mês de Junho, e recordar o já consagrado evento gráfico que é o lançamento das sardinhas de Lisboa.

 

As sardinhas galardoadas este ano (http://www.festasdelisboa.com/2014/sardinhas/), e algumas outras, poderão ser vistas a partir de 18 deste mês no habitual espaço dedicado à sua exposição na Baixa de Lisboa (http://www.festasdelisboa.com/2014/evento/que-sardinha-es-tu/).

 

Entre as propostas vencedoras deste ano, note-se como, curiosamente, surge ainda uma sardinha que propõe um humorístico trocadilho através do pastiche revivalista da imagem de marca de um antigo dentífrico.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Abril 28 2014

 

Covilhete em faiança, das Louças da Pinheira, em Aveiro, com cerca de 20,8 cm. de comprimento, apresentando decoração estampada a decalcografia sobre o vidrado e filetagem a ouro.

 

Compare-se esta decoração com o motivo 1811 da FLS (http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/motivo+1811) e veja-se como, para além da inversão da imagem e da quantidade e posição da ramagem, as restantes diferenças são mínimas.

 

Uma outra versão deste motivo, muito semelhante, foi também comercializada pelas Porcelanas Íbis, de Aveiro.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Abril 16 2014

 

Grande escultura de um tigre em grés com vidrado semi-mate em diversos tons de castanho.

 

Este exemplar do acervo do MCS, onde se encontra catalogado sob o número 2980, foi exibido na exposição Portuguese Ceramics in the Art Deco Period, realizada nos EUA em 2005, sendo a fotografia da autoria de João Francisco Vilhena (n. 1965).

 

Note-se que a imagem original foi registada em película e posteriormente digitalizada, o que afectou a sua qualidade e não reflecte as características que uma impressão em papel fotográfico oferece.

 

Veja-se uma outra variante de cor e vidrado aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/6824.html.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

mais sobre mim
Junho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


pesquisar
 
subscrever feeds