Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Dezembro 25 2011

 

 

Atendendo à solicitação de alguns visitantes, reproduz-se aqui, com restauro digital, o outro exemplar conhecido de uma série de pratos produzidos em porcelana da Empresa Electro-Cerâmica do Candal (http://mfls.blogs.sapo.pt/62574.html).

 

E ainda bem que tal nos foi solicitado e nos levou a tratar e recuperar esta imagem com alguma atenção, porque aquilo que apressadamente tinha sido referido então como um lavagante europeu (Homarus gammarus, antes genericamente classificado como Cancer gammarus L.), corresponde efectivamente a uma variante de lagostim do rio.

 

Embora fosse interessante que a imagem correspondesse ao nosso famoso, e agora quase extinto, lagostim-de-patas-brancas, ou lagostim do Angueira (Austrapotamobius pallipes; cf. http://www.faunaiberica.org/?page=cangrejo-de-rio), a estrutura deste exemplar parece corresponder a uma outra variante, exógena.

 

Assim, estando representados apenas animais de água doce nos três únicos pratos conhecidos, poder-se-á depreender que toda a série será exclusivamente dedicada à fauna fluvial e lacustre.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 09:01

mais sobre mim
Maio 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18

20
21
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar