Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Maio 03 2015

 

 

Caixa em faiança com cerca de 13,4 x 17,4 cm., vulgarmente designada como caixa boleira, ostentando apenas a letra "L" impressa na pasta.

 

Embora a peça não apresente qualquer outra marca visível, quer a pasta quer o vidrado parecem corresponder à produção da Companhia das Fábricas Cerâmica Lusitânia durante o período Art Déco.

 

Como se pode comprovar numa publicação de MUONT (http://modernaumaoutranemtanto.blogspot.pt/2014/08/caixa-quadrangular-lusitania-coimbra.html), este formato foi produzido também em Portugal, pelo menos na unidade de Coimbra da CFCL, eventualmente sob influência original de um modelo alemão, da fábrica Carstens-Gräfenroda, que apresenta uma tampa com diferente remate (http://modernaumaoutranemtanto.blogspot.pt/2014/08/caixa-art-deco-aerografada-carstens.html).

 

Embora do ponto de vista ergonómico e funcional o remate esférico da tampa possa ser mais eficaz, a verdade é que a harmonia do conjunto é mais evidente com o remate que surge neste exemplar, e no da CFCL de Coimbra, pelo que será mais provável que o modelo da Carstens-Gräfenroda seja uma adaptação posterior do formato original.

 

Obviamente, não se contesta a hipótese de esse modelo original ser também de origem estrangeira.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Novembro 30 2013

 

Caixa em faiança com cerca de 14 x 19,5 x 13,1 cm., produzida numa das unidades fabris da Companhia das Fábricas Cerâmica Lusitânia, ostentando a marca CFCL2 (http://mfls.blogs.sapo.pt/189777.html). 

 

A propósito de caixas semelhantes, veja-se o que já foi referido aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/201061.html.


A presente imagem consta do catálogo da exposição Portuguese Ceramics in the Art Deco Period, realizada nos EUA em 2005, e é da autoria do fotógrafo João Francisco Vilhena (n. 1965).

 

Note-se que a imagem original foi registada em película e posteriormente digitalizada, o que afectou a sua qualidade e não reflecte as características que uma impressão em papel fotográfico oferece.

 

© MAFLS


publicado por blogdaruanove às 21:01

Maio 13 2013

 

A  propósito de motivos e técnicas decorativas convergentes na produção nacional e estrangeira, apresenta-se hoje uma caixa boleira oval, em faiança, com decoração aplicada a aerógrafo sobre stencil (chapa recortada).

 

Note-se como a decoração desta peça, de provável manufactura alemã, embora apenas apresente a marca reproduzida abaixo, evoca o efeito óptico conseguido em alguns azulejos produzidos pela FLS (http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/op+art), utilizando também quer a sobreposição dos motivos na superfície decorada, quer o degradé das cores, quer ainda a aplicação do aerógrafo sobre stencil.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Novembro 06 2012

 

Caixa em faiança, enquadrável nos modelos vulgarmente denominados como caixas boleiras, com cerca de 13,8 x 21,8 x 14,5 cm., apresentando pequenas variantes do motivo 626 (cf. http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/motivo+626) da FLS.

 

Apesar da quase total coincidência nos detalhes do motivo, esta peça não foi produzida pela FLS mas sim pela fábrica alemã Steingutfabrik Störnewitz AG, localizada em Meissen-Störnewitz.


Partindo do pressuposto, muito provavelmente correcto, de que este motivo tenha sido lançado em primeiro lugar pela SS, volta-se a documentar mais uma vez a significativa influência das decorações cerâmicas alemãs na produção de uma fábrica portuguesa administrada por diversas gerações de ascendência inglesa...


Note-se ainda como o registo de produção da SS Meissen é exactamente igual ao da FLS na época, um registo comum também a muitas outras fábricas europeias desde o século XIX – um número inciso (736) para o formato e um número carimbado (1890), ou pintado, consoante o acabamento, para o motivo.


Conforme já havia sido declarado no passado fim-de-semana, estas imagens são dedicadas ao espaço MUONT (http://modernaumaoutranemtanto.blogspot.pt/), que acaba de completar um ano de publicação, e aos seus autores, a quem endereço felicitações pela efeméride.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Novembro 03 2012

 

Caixa em faiança, com cerca de 16,4 x 23,2 x 11,8 cm., enquadrável nos modelos vulgarmente denominados em Portugal como caixas boleiras, pois destinavam-se a conter biscoitos, bolachas ou bolos.

 

Embora não apresente qualquer marca, foi certamente produzida numa das fábricas Lusitânia. Na exposição Portuguese Ceramics in the Art Deco Period, realizada nos EUA em 2005, foi exibida uma caixa de formato diferente, mas com as mesmas características decorativas e cores similares, ostentanto a marca CFCL2.

 

Como já foi aqui referido (http://mfls.blogs.sapo.pt/?skip=10&tag=formato+norte), o laranja surge como uma cor característica do período Art Déco, tendo sido usada com profusão na cerâmica europeia e americana desse período. Em Portugal esta cor foi particularmente usada em peças do Candal, da Lusitânia, da FLS e da SP de Coimbra. 

 

Na Europa, em Inglaterra, o laranja foi uma particular imagem de marca das peças de Clarice Cliff (1899-1972), ocorrendo ainda na produção das fábricas Crown Devon, A. E. Gray e Myott. Entre outras, surgiu também com destaque nalgumas peças da fábrica belga Boch Frères Keramis (http://blogdaruaonze.blogs.sapo.pt/133073.html) e da fábrica checoslovaca Amphora (http://blogdaruaonze.blogs.sapo.pt/161780.html).

 

Nos EUA o laranja destacou-se na produção da Hall China e da Homer Laughlin.

 

 

Uma caixa com o mesmo formato da exibida nos EUA e com decoração semelhante, mas noutras cores, foi também apresentada por MUONT no início do mês passado: http://modernaumaoutranemtanto.blogspot.pt/2012/10/caixa-art-deco-canelada-com-escorridos.html#links.

 

Aliás, a peça hoje apresentada é dedicada aos autores desse espaço, que tanto e tão bem têm vindo a divulgar os paralelismos entre a cerâmica portuguesa e europeia do século XX e recentemente se têm debruçado sobre exemplares de caixas semelhantes a esta.

 

Também porque o MUONT celebrará um ano de publicação nos próximos dias, ser-lhe-á ainda dedicada na próxima terça-feira a imagem de uma caixa alemã em faiança que apresenta decoração praticamente igual a um dos motivos comercializados pela FLS.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

mais sobre mim
Junho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


pesquisar
 

Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: