Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Julho 16 2011

 

Figura em faiança, com vidrado semi-mate, apresentando incisa, na base, a inscrição CLEARTE / LUANDA. Encontrando-se sob o vidrado, a inscrição não permite apresentar uma fotografia satisfatória. 

 

Não foi possível encontrar qualquer referência a esta oficina angolana, partindo-se do pressuposto que esta peça terá sido produzida antes de 1975. Existe ainda a possibilidade de a designação Clearte se referir a uma empresa que apenas comercializasse o produto e não a uma fábrica.

 

Foi também colocada de parte a hipótese de esta peça ter sido produzida pela fábrica brasileira Cerâmica Luanda, pois a mesma, além de não ser conhecida por comercializar figuras ou estatuetas, utiliza uma pasta de barro vermelho.

 

A designação Clearte poderá combinar uma corruptela da expressão china clay, em português vulgamente pronunciada e escrita como "chinaclé", que denomina uma pasta comercializada para a produção artesanal de porcelana tipo biscuit.

 

Sabe-se que esta china clay, uma pasta que não necessita de ser cozida, era utilizada com frequência em Luanda, pelos menos durante as décadas de 1960 e 1970, para diversos trabalhos cerâmicos artesanais.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

mais sobre mim
Maio 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds