Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Março 25 2012

 

A propósito de cores invulgares na produção monocromática da FLS, de pastas coloridas e da influência inglesa, surge a oportunidade de apresentar aqui duas das peças que Clive Gilbert (cheers, Clive!) ofereceu ao autor deste espaço nos últimos anos – um conjunto criado por Clarice Cliff (1899-1972) para a fábrica inglesa Newport Pottery.

 

Esta chávena de chá, e pires, do formato Daffodil foi produzida numa pasta cerâmica colorida denominada Damask Rose, a qual foi introduzida pela Newport em 1930.

 

Como se sabe, a FLS produziu também loiça doméstica e decorativa em pastas de diferentes cores – azul (cf. http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/pasta+azul), marfim (cf. http://mfls.blogs.sapo.pt/76995.html), e verde (cf. http://mfls.blogs.sapo.pt/82511.html).

 

A publicação de hoje pretende voltar a chamar a atenção para o facto, já referido (cf. http://mfls.blogs.sapo.pt/85772.html), de as peças monocromáticas da FLS não serem maioritariamente fabricadas em pasta colorida, sendo esta pasta particularmente característica da produção da FLS nas décadas de 1930 e 1940.

 

Com efeito, peças como a jarra reproduzida há duas semanas (cf. http://mfls.blogs.sapo.pt/157712.html) e as chávenas, e pires, monocromáticas indicadas no parágrafo anterior foram produzidas em pasta branca que posteriormente recebeu um vidrado monocromático, não devendo portanto ser confundidas com as peças produzidas em pasta colorida.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

mais sobre mim
Maio 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18

20
21
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar