Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Abril 21 2018

 

Pequena escultura, em faiança, representando um cervo.

 

Embora esta peça não apresente qualquer marca, conhece-se um exemplar semelhante com a marca circular da Estatuária, de Coimbra.

 

© MAFLS

 

publicado por blogdaruanove às 21:01

Setembro 01 2013

 

Estrutura para aquário amovível de vidro, com cerca de 38,8 x 26,8 x 26,4 cm., em terracota pintada da Estatuária Artística de Coimbra.

 

Esta peça ostenta um terceiro orifício na parte superior traseira, para permitir a entrada de água, tendo o urso a particularidade de apresentar olhos de vidro.

 

Conjuntos semelhantes a este parecem ser característicos da cerâmica industrial coimbrã, conhecendo-se uma estrutura com ondas estilizadas e duas aves, produzida pela fábrica Moderna Industrial Decorativa, que pode ser vista aqui: http://artelivrosevelharias.blogspot.pt/2012/05/moderna-industrial-decorativa-de.html.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Julho 22 2012

     

 

Grande jarra em faiança da Estatuária, Coimbra, com cerca de 34 cm. de altura, pintada à mão sob o vidrado.

 

As primeiras peças desta fábrica decoradas com motivos florais a azul, ou em policromia, como as número 1, 2, 21 e 70, apresentavam a designação Frutuoso entre parênteses imediatamente após a designação Estatuária.

 

Este facto poderá indiciar que todas as peças deste género que apresentam exclusivamente a marca Frutuoso são anteriores a 1943, a data de fundação da Estatuária.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Dezembro 17 2011

 

Grande escultura em terracota pintada, com cerca de 33 cm. de altura, apresentando na base uma caixa aberta para jóias. O espelho reproduzido não é o original, como se pode observar pelo deficiente encaixe.

 

De acordo com o Diário do Govêrno, a Estatuária Artística de Coimbra, posteriormente conhecida como Estaco, foi fundada em 1943, tendo estabelecido a sua sede nessa cidade, a sua fábrica na Rua do Arnado, número 147 e o seu armazém na Rua Dr. Rosa Falcão, número 28.

 

À data da fundação, o capital social de 80.000$00 encontrava-se distribuído da seguinte forma: José Augusto Frutuoso [Gaspar de Matos], 60.000$00, Carlos Frutuoso [Gaspar de Matos], 12.000$00, e Artur dos Santos, 8.000$00.

 

Em 1947 a Estatuária participou na constituição da Cesol, Cerâmica de Souselas, detendo 40% do seu capital social, que se encontrava assim distribuído:

 

António Bernardo Gonçalves de Carvalho, 500.000$00; Estatuária, 400.000$00; Luís António Duarte Prazeres Pais, 35.000$00; José de Campos, 35.000$00, e Francisco da Silva, 30.000$00.

 

Inicialmente, o escritório e o estabelecimento da Cesol ficavam contíguos às instalações da Estatuária, na Rua Dr. Rosa Falcão, número 30, o que não surpreende, visto que sua a orientação técnica estava a cargo de José Augusto Frutuoso.

 

 

O que surpreende é o capital investido pela Estatuária na Cesol, que representa cinco vezes mais que o seu capital social inicial. Tal facto poderá indiciar a prosperidade e o volume de negócios da Estatuária no curto prazo de apenas quatro anos.

 

Apenas no ano seguinte, em 1948, veio a Estatuária a elevar o seu capital social para 400.000$00, tendo o mesmo ficado assim distribuído:

 

José Augusto Frutoso, 225.000$00; António Bernardo Gonçalves de Carvalho, 100.000$00; Carlos Frutuoso, 45.000$00, e Artur dos Santos, 30.000$00.

 

Seguindo um percurso de declínio comum a muitas fábricas portuguesas no último quartel do século XX, a Estaco veio a declarar falência em Outubro de 2001. Vejam-se algumas fotografias relativamente recentes das últimas instalações da fábrica em: http://www.focomanual.org/index.php?topic=1800.0

 

Embora não tenha sido possível encontrar, in loco, nos arquivos e no acervo do museu Anjos Teixeira (http://www.cm-sintra.pt/Artigo.aspx?ID=2000), em Sintra, documentação que confirme a atribuição de autoria, o estilo e a própria grafia das iniciais A. T. aproximam esta escultura da obra inicialmente produzida pelo escultor Pedro Augusto Franco dos Anjos Teixeira (1908-1997).

 

Não tendo sido exibida nos E.U.A., esta peça encontra-se no entanto referenciada, com a entrada número 54, no único exemplar conhecido do catálogo da exposição Portuguese Ceramics in the Art Deco Period, realizada em 2005.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

mais sobre mim
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

pesquisar
 
subscrever feeds