Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Agosto 31 2014

 

Pequena placa, com cerca de 6,4 x 2,7 cm., em argila vermelha brunida, de homenagem a Rafael Bordalo Pinheiro (1846-1905).

 

Modelada pelo seu discípulo Francisco Elias (1869-1937), como se verifica pela assinatura inscrita sob o busto, apesar de a data do sarau ser de 22 de Abril de 1906, esta parece ter sido uma peça evocativa dos 60 anos de nascimento de Rafael Bordalo Pinheiro, efeméride que decorrera a 21 de Março de 1906.

 

Para outras breves referências a Francisco Elias veja-se: http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/francisco+elias.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Setembro 18 2011

 

Medalha em cerâmica não vidrada, alusiva às Caldas da Rainha e à sua banda musical. A medalha não está datada mas encontra-se assinada HE (na imagem de cima, à direita, sob os louros), iniciais que correspondem ao conhecido ceramista caldense Herculano Elias (1864-1939).

 

Nas Caldas da Rainha as medalhas em terracota não foram exclusivas deste ceramista, pois Avelino António Soares Belo (1872-1927) executou também várias medalhas neste material.

 

Deste último artista conhecem-se, entre outras, quatro medalhas – uma alusiva ao centenário da descoberta da Índia, que foi enviada para  Exposição de Paris de 1900; outra, com o mesmo formato, alusiva à descoberta do Brasil; uma terceira, datada do Natal de 1901, alusiva aos refugiados Boers; e finalmente ainda uma outra, com o  mesmo formato e temática semelhante, datada de 1902.

 

Além destes, o consagrado escultor e ceramista Francisco Elias (1869-1937) elaborou em 1906 uma curiosa e rara medalha de homenagem a Rafael Bordalo Pinheiro (1846-1905), em terracota não patinada, que será aqui reproduzida posteriormente.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Setembro 11 2010

 

Jarra com decoração policromática, aplicada à mão sob o vidrado.

 

Na base apresenta as seguintes inscrições: "X: 1 [pintada a negro] / 184/3 / BELO / C. DA RAINHA [incisas] / E. L. [pintada a negro]". Os números incisos referem-se ao formato (184) e ao tamanho (3) da peça, sendo que os números mais altos indicam peças maiores. Neste caso a peça mede cerca de 17,3 cm. de altura, correspondendo o tamanho 1 a cerca de 10,5 cm.

 

De acordo com a brochura Caldas da Rainha, Roteiro-Guia, publicada pelo jornal Gazeta das Caldas em 1926, a situação da indústria cerâmica de então era a seguinte:

 

"Ha muitas fabricas de Faianças nesta vila: Fabrica Bordalo Pinheiro, Lt,ª − junto ao Parque das Faianças nesta vila; Francisco Elias, R. Tenente Sangreman Henriques; José A. Cunha, Sucessores, Lt.ª, R. Candido dos Reis; Avelino Belo, R. da Liberdade; José Belo, R. da Liberdade; Salvador F. Souza, Rua Candido dos Reis; Eduardo Elias, R. Sebastião de Lima; João Arroja, R. Miguel Bombarda; João Angelico, R. da Liberdade; Herculano Serra, Largo da Copa."

 

A mesma publicação destaca ainda os seguintes ceramistas:

 

"Dos actuais ceramistas sobresae Francisco Elias, o miniaturista que todo o Paiz conhece pelos seus trabalhos que mais dignos eram de ser feitos em ouro e prata do que no barro fragil; Avelino Belo, considerado o melhor tecnico da ceramica caldense; José Carlos dos Santos e Acelino de Carvalho, os dois mestres da actual Fabrica Bordalo Pinheiro; Eduardo Elias, que se tem dedicado a faiança religiosa, tendo imagens de valor; Salvador Fausto de Sousa, Raul Figueiredo, José Belo, Germano da Silva, Francisco do Couto, Herculano Serra entre outros, havendo em todas as fabricas trabalhos de muito merecimento que colocam a faiança caldense num logar de destaque – sendo de maior valor as terras-cotas e as tintas de fogo com vidrados perfeitos, sempre superiores á louça pintada depois de cosida."

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

mais sobre mim
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

pesquisar