Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Dezembro 31 2016

Mostruário ilustrando a palete de cores serigrafadas a alto-fogo disponível para os serviços de mesa e hotelaria da Rosenthal nas décadas de 1980 e 1990.

 

A Rosenthal, que já tinha dedicado desde finais do século XIX particular atenção aos motivos e às formas contemporâneas, quer através de peças decorativas quer através de peças funcionais, estas últimas exemplificadas no formato Donatello (http://mfls.blogs.sapo.pt/outras-fabricas-outras-loicas-cclxii-349762), veio a afirmar-se ao longo do século XX como uma das principais fábricas de porcelana focadas na contemporaneidade e na proposta de formas e decorações inovadoras e de vanguarda.

 

Assim, iniciou o século, e o seu primeiro quartel, com uma produção, em particular a proveniente da sua secção de arte (kunstabteilung), que traduzia perfeitamente o zeitgeist, e encerrou-o, no seu último quartel, com as múltiplas propostas de diferentes formas e decorações congradas nas suas peças studio-linie.

 

Este artigo pretende ilustrar, pois, algumas das peças que traduzem a notável produção da Rosenthal quer no início do século XX quer no seu final.

 

 

Acima reproduz-se uma pequena caixa em porcelana, com cerca de 4,6 x 13 x 10 cm., apresentando sumptuosa decoração da série Indra, correspondente ao motivo 35, aqui aplicada sobre o formato número K597.

 

As séries Asra e Indra, ostentando uma peculiar estética Art Déco inquestionavelmente relacionada com os feéricos décors criados por Léon Bakst (1866-1924), e outros artistas, para os famosos Ballets Russes, foram concebidas pelo consagrado Kurt Wendler (1893-1980) e lançadas em 1919, na Feira da Primavera de Leipzig.

 

O desenho original para o motivo 35, neste mesmo formato, pode ver-se abaixo.

 

 

De seguida, apresenta-se uma jarra, com cerca de 16,8 cm. de altura, ostentando decoração floral, algo estilizada, ao gosto Art Déco.

 

A impressão de tridimensionalidade que emana desta decoração deve-se mais à técnica pictórica aplicada sob o vidrado, que parece sublinhar a pintura manual com alguns leves traços de aerógrafo, do que ao subtil relevo patente na pasta de porcelana.

 

Apesar de não ostentar a marca complementar correspondente aos anos de guerra,1914-1918, esta jarra apresenta a grafia "Kunst Abteilung" aplicada nas peças de 1918, o que, contrastando com a erupção cromática surgida em 1919 nas séries Asra e Indra, poderá explicar as tonalidades sóbrias e sombrias da sua decoração.

 

 

A mesma tendência para concentrar a decoração na base da jarra pode ser encontrada ainda num motivo datável de 1925, também de inspiração floral, embora mais estilizado e policromático – o D946, da fábrica belga Boch Frères / Keramis (http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/boch+fr%C3%A8res) e numa peça muito posterior da própria Rosenthal, já de final da década de 1960, com um motivo concebido pelo artista plástico francês Alain Le Foll (1935-1981).

 

Conforme referido, o último quartel do século XX foi marcado pela produção das peças studio-linie, que veio ocupar parte do espaço anteriormente abrangido pela secção de arte (kunstabteilung). Estas peças foram criadas e decoradas por inúmeros designers consagrados, oriundos não apenas das predominantes escolas escandinava e italiana, mas também das escolas alemã, americana, francesa e neerlandesa, entre outras.

 

 

Embora a Rosenthal tenha comercializado várias peças no âmbito da influência escandinava e de algumas das suas figuras de proa, como Bjørn Wiinblad (1918-2006), Tapio Wirkkala (1915-1985) ou Timo Sarpaneva (1926-2006), a verdade é que na sua produção do último quartel do século XX se registou certa predominância de alguns nomes da escola italiana.

 

Nesse contexto, pode ver-se acima um castiçal intitulado Il Faro Torre "Pilsum", em edição numerada e limitada a 2.000 exemplares, concebido em 1994 por Aldo Rossi (1931-1997).

 

Esta peça foi concebida em cerâmica e cristal, servindo o corpo cerâmico como base para o copo de cristal do castiçal que, para receber a vela, deve ser invertido e novamente encaixado no corpo cerâmico.

 

 

Nas últimas décadas do século, contudo, um dos ícones da Rosenthal foi o conjunto de pires e chávena de café intitulado Espresso-Sammeltasse (comercializado no mundo anglófono como "Cupola Espresso Collector's Cups") modelado nos finais da década de 1980 pelo arquitecto e designer italiano Mario Bellini (n. 1935), formato que, no decurso dos anos seguintes, veio a ser decorado por dezenas de diferentes artistas.

 

Acima pode ver-se um desses exemplares, com uma decoração minimalista, de grande efeito, da autoria do também aclamado arquitecto e designer italiano Marcello Morandini (n. 1940; cf. http://www.morandinimarcello.com/it/home/).

 

Correspondendo ao número 12 da série Espresso-Sammeltasse, este exemplar apresenta ainda, no pires, o logótipo da Mostra Internacional de Design, MID 1991, promovida em Portugal pelo grupo empresarial Dimensão.

 

 

Mas na área da aproximação artística à criação de chávenas e pires, a Rosenthal atingiu a sua maior versatilidade e consagração na série Künstlertasse (denominada em Inglês como "Artists' Collector's Cups"), que apresentou dezenas de diferentes formatos concebidos e decorados por distintos artistas.

 

Apresenta-se acima um desses notáveis formatos, concebido pelo renomado designer, também italiano, Lino Sabattini (1925-2016), que, entre outros epítetos, aceitava ser conhecido como um "artesão sonhador" (http://linosabattini.com/).

 

Corresponde este conjunto à peça número 17 da série Künstlertasse.

 

 

 

De seguida, apresenta-se um açucareiro da linha Flash, concebida em 1982 por Dorothy Hafner (n. 1952; http://www.dorothyhafner.com) e comercializada a partir de 1984.

 

Característica do período pós-modernista no seu auge, esta linha traduz plenamente essa gramática, quer no formato quer na decoração, e representa talvez a mais famosa das criações desta designer americana.

 

Dorothy Hafner concebeu também a peça número 5, decorada apenas a preto e branco, da série Künstlertasse.

 

 

Finalmente, reproduzem-se um jarra, com cerca de 25,7 cm. de altura, e uma peculiar taça, com cerca de 11 x 20,4 e 12,2 de diâmetro máximo, apresentando formatos e motivos criados pelo consagrado artista e ceramista francês Gilbert Portanier (n. 1926; cf. http://www.gilbertportanier.com/.).

 

A decoração da jarra denomina-se Liguria, correspondendo a taça à peça número 15 da série Künstlertasse.

 

 

A encerrar, apresenta-se abaixo um registo diacrónico de marcas Rosenthal patentes em algumas das peças que se reproduzem neste artigo.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 00:01

mais sobre mim
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

pesquisar