Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Abril 13 2019

 

Pequenos mealheiros cúbicos em faiança, com cerca de 8,5 x 8,3 x 8,3 cm., o verde, e cerca de 8,5 x 8,4 x 8,4 cm., o azul, que não ostentam qualquer marca.

 

Como acontece com muitas das peças portuguesas em faiança branca das últimas décadas, que surgem no mercado sem qualquer marca, é muito provável que estes mealheiros tenham sido produzidos na região de Alcobaça.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Dezembro 22 2016

Mealheiro decorado sobre o vidrado com o signo zodiacal de Capricórnio, e legendas a dourado, produzido no último período da FLS.

 

Note-se a imperfeição do vidrado, e da pasta, e o facto de o vidrado sobre a marca se encontrar picado. Em algumas fábricas europeias, o vidrado sobre a marca de fábrica era riscado a fim de que as peças pudessem ser colocadas no mercado, a preços mais baixos, como refugo ou peças de segunda escolha.

 

De acordo com Clive Gilbert, a prática na FLS era de limitar a venda das peças de segunda escolha aos funcionários da empresa, não havendo uma marcação específica para esses exemplares.

 

Veja-se outro mealheiro da mesma série aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/118060.html.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Dezembro 29 2015

 

Mealheiro, com cerca de 20,4 cm. de altura e pintado em policromia sobre o vidrado, ostentando a legenda "JUNTE AQUI NA CASINHA / QUE JUNTA PARA SI' / QUANTO MAIS JUNTAR / MAIS HA-DE ENCONTRAR." e o número 319, em relevo, na base.

 

O exemplar aqui reproduzido está incompleto, não apresentando o galo a coroar o telhado de quatro águas que integra o conjunto original. Apesar de retocada a laranja, a base evidencia claramente que essa figura se terá partido, até porque não se encontra vidrada no topo.

 

Contudo, este modelo é ligeiramente diferente dos dois exemplares que se podem observar no segundo volume do catálogo da exposição Porta Aberta às Memórias, realizada no MCS em 2008.

 

Para além das duas inscrições personalizadas sobre o canteiro, que pretendem evocar silhares de azulejo, e das duas datas de nascimento manuscritas, aqueles exemplares apresentam ainda diferente lettering, e acentuação, e quatro remates de beiral.

 

O presente exemplar apresenta apenas três remates de beiral, não surgindo, de origem, qualquer remate sobre o vértice correspondente ao canteiro e à janela com manjerico.

 

Este formato surgia já na tabela de Novembro de 1945, sob o número 319 e a designação "Casa mealheiro", ao preço de 53$00 para "Colorido s/ ouro". Continuava ainda a surgir na tabela de Maio de 1951, ao preço de 60$00, e na tabela de Maio de 1960, ao mesmo preço. O exemplar desta última tabela existente no Centro de Documentação Manuel Joaquim Afonso, do MCS, indica numa nota manuscrita que o seu peso é de 750 gramas. Aparentemente, este formato continuou a ser produzido até à década de 1980.

 

Note-se como este modelo evoca claramente os paradigmas da casa portuguesa preconizados pelas teorias, e alguma da praxis arquitectónica, de Raul Lino (1879-1974) e por alguns dos seus discípulos, como Eugénio Correia (1897-1985). Note-se também como a legenda se enquadra nos preceitos económicos do Estado Novo.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Setembro 01 2014

 

Mealheiro em porcelana da Sociedade de Porcelanas, Coimbra, representando uma galinha estilizada alusiva ao aforismo "Grão a grão enche a galinha o papo.

 

Esta imagem não teve qualquer retoque digital para mostrar propositadamente a fractura que resultou do uso da peça enquanto mealheiro, que depois veio a ser aberto pelo método tradicional.

 

Veja-se um outro mealheiro alusivo ao mesmo aforismo, este da FLS, aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/25039.html.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 17:01

Novembro 30 2011

 

Mealheiro decorado com um signo zodiacal sobre o vidrado.

 

Produção do último período da FLS.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Dezembro 08 2009

 

Mealheiro com decoração, pintada à mão, sobre o vidrado.

 

Embora a decoração apresente um galo, a imagem remete sem dúvida para o aforismo Grão a grão enche a galinha o papo, o qual se relaciona obviamente com poupança.

 

Não apresenta qualquer marca, mas possui o número 162 em relevo, que corresponde ao mealheiro da tabela de 1945 da FLS, onde surge referenciado a 14$00.

 

Esta peça foi exibida na exposição Portuguese Ceramics in the Art Deco Period, realizada em 2005 nos E.U.A.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

mais sobre mim
Setembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


arquivos

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

pesquisar