Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Abril 10 2014

© CDMJA/MCS

 

Folha com desenho para o motivo azulejar número 533, na variante cinzenta, que se encontra depositada nos arquivos do Centro de Documentação Manuel Joaquim Afonso/Museu de Cerâmica de Sacavém.

 

Conforme já foi aqui referido anteriormente, a propósito de motivos semelhantes na técnica e nos efeitos ópticos, esta composição antecipa aqueles que haveriam de ser os princípios da Op Art.

 

Note-se também como este desenho de catálogo emprega as técnicas de stencil (chapa recortada) e aerógrafo que depois viriam a ser utilizadas nos azulejos.

 

Veja-se uma variante verde deste motivo, correspondente ao número 532, aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/273645.html.

 

A reprodução deste desenho da FLS é uma cortesia do CDMJA/MCS.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Novembro 05 2013

© CDMJA/MCS

 

Folha com desenho para o motivo azulejar número 532, que se encontra depositada nos arquivos do Centro de Documentação Manuel Joaquim Afonso/Museu de Cerâmica de Sacavém.

 

Conforme já foi aqui referido anteriormente, a propósito de motivos semelhantes na técnica e nos efeitos ópticos, esta composição antecipa aqueles que haveriam de ser os princípios da Op Art.

 

Note-se também como este desenho de catálogo emprega as técnicas de stencil (chapa recortada) e aerógrafo que depois viriam a ser utilizadas nos azulejos.

 

A reprodução deste desenho da FLS é uma cortesia do CDMJA/MCS.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Outubro 28 2013

© CDMJA/MCS

 

Folha com desenho para o motivo azulejar número 531, que se encontra depositada nos arquivos do Centro de Documentação Manuel Joaquim Afonso/Museu de Cerâmica de Sacavém.

 

Conforme já foi aqui referido anteriormente, a propósito de uma variante monocromática deste motivo (http://mfls.blogs.sapo.pt/123986.html), esta composição antecipa aqueles que haveriam de ser os princípios da Op Art.

 

Note-se ainda como este desenho de catálogo emprega a técnica de stencil (chapa recortada) e aerógrafo que também viria a ser utilizada nos azulejos.

 

A reprodução deste desenho da FLS é uma cortesia do CDMJA/MCS.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Maio 13 2013

 

A  propósito de motivos e técnicas decorativas convergentes na produção nacional e estrangeira, apresenta-se hoje uma caixa boleira oval, em faiança, com decoração aplicada a aerógrafo sobre stencil (chapa recortada).

 

Note-se como a decoração desta peça, de provável manufactura alemã, embora apenas apresente a marca reproduzida abaixo, evoca o efeito óptico conseguido em alguns azulejos produzidos pela FLS (http://mfls.blogs.sapo.pt/tag/op+art), utilizando também quer a sobreposição dos motivos na superfície decorada, quer o degradé das cores, quer ainda a aplicação do aerógrafo sobre stencil.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Janeiro 13 2012

 

Conjunto de azulejos aplicados no átrio de um edifício da Travessa da Fábrica dos Pentes, em Lisboa.

 

Veja-se um exemplar destes azulejos em: http://mfls.blogs.sapo.pt/56612.html.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Setembro 11 2011

 

Azulejo com decoração geométrica, aplicada a aerógrafo e stencil (chapa recortada), sob o vidrado.

 

Tal como referido anteriormente para um azulejo que apresenta os mesmos recursos técnicos e gramática decorativa semelhante (cf. http://mfls.blogs.sapo.pt/56612.html), este motivo evoca claramente a influência geometrizante da Bauhaus, surgindo ainda como precursor da Op Art do terceiro quartel do século XX. 

 

Azulejos semelhantes a este encontram-se aplicados no revestimento da estação ferroviária de Alcântara-Terra, em Lisboa, como se pode verificar na imagem reproduzida abaixo.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Agosto 13 2010

 

Azulejo com decoração geométrica sob o vidrado. No tardoz apresenta as inscrições "SACAVEM / 11", em relevo. 

 

A decoração evoca claramente a influência geometrizante da Bauhaus, surgindo ainda como precursora da Op Art do terceiro quartel do século XX. Neste contexto, remete evidentemente para a obra de artistas como Victor Vasarely (1908-1997), autor da serigrafia reproduzida abaixo.

 

 

ZETT-ZS, serigrafia número 70/150.

Edição da Galeria Denise René, Paris, 1968.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

mais sobre mim
Maio 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18

20
21
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds