Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Maio 11 2019

 

Pequena jarra, ou o pote a que falta a tampa, com cerca 8,5 de cm. de altura, em porcelana da fábrica da Sociedade de Porcelanas, Coimbra.

 

Note-se, na metade esquerda, a linha de junção do motivo estampado, correspondente à decoração 349, como se pode verificar na anotação manuscrita junto à marca.

 

Motivos similares a este foram aplicados, no mesmo período, que corresponderá às décadas de 1960 e 1970, em peças cerâmicas de outras fábricas portuguesas.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Março 10 2019

Cafeteira formato Belga, com cerca de 18,8 cm. de altura, em porcelana da Sociedade de Porcelanas, de Coimbra.

 

Juntamente com os formatos Angola, Cúbico e Porto, este é um dos formatos dos serviços de café e chá da SP característicos do período Art Déco.

 

Vejam-se alguns exemplares de peças formato Porto, que erroneamente ostentam a designação Belga, aqui: https://mfls.blogs.sapo.pt/outras-fabricas-outras-loicas-ccxvii-324657.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Dezembro 15 2018

Pequena jarra, com cerca de 7 cm. de altura, em porcelana da Sociedade de Porcelanas, de Coimbra.

 

Esta decoração floral, estampada sobre o vidrado, é característica das décadas de 1950 e 1960.

 

 

© MAFLS

 

publicado por blogdaruanove às 21:01

Maio 05 2018

 

Mostardeira, pequena molheira, ou ainda jardinière em miniatura, com cerca de 6,8 x 13,8 x 6,8 cm., em porcelana da Sociedade de Porcelanas, Coimbra.

 

Note-se como a tradicional decoração de florinhas estampadas, complementadas com filetagem dourada, apresenta uma, na altura da sua produção, moderna e estilizada gramática floral, que se conjuga com o invulgar e inovador formato desta pequena peça.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Fevereiro 24 2018

 

Manteigueira, formato Porto, em porcelana da Sociedade de Porcelanas, Coimbra.

 

Note-se como este formato tradicional ganhou um aspecto contemporâneo apenas com a adição da pega quadrangular. A filetagem minimalista, que também sublinha essa sua modernidade, corresponde contudo a uma combinação, até cromática, que já ocorria no século XIX.

 

Veja-se outra manteigueira deste formato, com diferente decoração, aqui: http://mfls.blogs.sapo.pt/outras-fabricas-outras-loicas-ccxvii-324657.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Fevereiro 04 2018

 

Açucareiro, chávena de café e pires, em porcelana da Sociedade de Porcelanas, Coimbra.

 

Estas peças correspondem ao formato Tânger, formato que a Vista Alegre, detentora dos direitos de este e muitos outros formatos da Electro-Cerâmica do Candal e da Sociedade de Porcelanas de Coimbra, reeditou já no início do século XXI.

 

Veja-se uma outra decoração deste modelo, ostentando apenas simples filetagem múltipla, em MUONT: http://modernaumaoutranemtanto.blogspot.pt/2012/03/servico-de-cafe-art-deco-modelo-tanger.html.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Julho 09 2017

 

Figura de cão em biscuit da Sociedade de Porcelanas, de Coimbra.

 

Assinale-se que a pasta e a superfície deste exemplar são mais ásperas do que habitualmente acontece na maioria das peças em biscuit da SP.

 

 

 © MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Maio 12 2017

 

Na celebração do centenário das aparições, ou das visões, de Fátima, apresenta-se uma placa em biscuit da Sociedade de Porcelanas, de Coimbra.

 

Criada em 1967 para celebrar o cinquentário, esta peça tem cerca de 13 x 8 x 1,2 cm. e apresenta no tardoz a referência, impressa na pasta, E135.

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

Abril 02 2017

 

Taça em porcelana, com cerca de 7 x 19,6 x 21,1 cm., da Sociedade de Porcelanas, Coimbra.

 

Apresenta decoração estampada, com retoques coloridos de pintura manual, e filetagem dourada.

 

 

© MAFLS

 

publicado por blogdaruanove às 21:01

Outubro 08 2016

 

Pequena jarra, com cerca de 9,3 cm. de altura, da Sociedade de Porcelanas, Coimbra.

 

Apresentando um invulgar tronco pentagonal, ostenta numa dessas cinco faces decoração vegetal, em relevo moldado, que está sublinhada com delineação a verde, aplicada manualmente.

 

Note-se, ainda, como a referenciação do formato, J29, replica o sistema utilizado na Electro-Cerâmica do Candal (http://mfls.blogs.sapo.pt/outras-fabricas-outras-loicas-ccv-309389), de Vila Nova de Gaia, que a partir de 1945, tal como a SP, passaria a integrar definitivamente o grupo Vista Alegre.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 21:01

mais sobre mim
Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


pesquisar