Memórias e Arquivos da Fábrica de Loiça de Sacavém

Dezembro 31 2018

 

Grande jarra, com cerca de 40,8 cm. de altura, em faiança da fábrica francesa Longwy.

 

Como se observa, o motivo, apesar de não ostentar em fundo a preponderância das mais comuns tonalidades azuis, características de Iznik, apresenta clara influência islâmica.

 

Este é um aspecto particularmente interessante, pois, apesar de este ser um exemplar datável da década de 1930, o motivo 5670 da Longwy é posterior à maioria das decorações Art Déco da fábrica.

 

Note-se ainda a profusão de decoração dourada neste exemplar, uma característica de Longwy que Raymond-Henri Chevallier (1890-1959), seu director artístico desde meados da década de 1920, haveria de levar consigo e implementar posteriormente na fábrica belga Boch Frères / Keramis, da qual veio também a ser director artístico, a partir de 1937.

 

A propósito do percurso profissional de Chevallier, e das influências que terá levado consigo para outras fábricas, veja-se o artigo referente à fábrica Cérabelga: https://mfls.blogs.sapo.pt/the-twelve-days-of-christmas-i-338494.

 

Vejam-se outras peças das Faïenceries de Longwy em colecções portuguesas, com decorações e formatos predominantemente Art Déco, aqui: https://mfls.blogs.sapo.pt/277634.html, e, em maior número, também aqui: http://modernaumaoutranemtanto.blogspot.pt/search/label/Longwy.

 

 

© MAFLS

publicado por blogdaruanove às 00:01

mais sobre mim
Dezembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21
22

24



pesquisar